BBB 21: Saiba os danos que Conká provocou à imagem de tombadora

Karol Conká está sendo criticada nas rede sociais (Rede Globo)
Karol Conká está sendo criticada nas rede sociais (Rede Globo)

Karol Conká tentou não ser o centro das atenções do ‘BBB 21’, mesmo como líder, mas não conseguiu. A rapper jogou certo, mas não deixou de provocar brigas e reforçar as atitudes preconceituosas que a fizeram ser cancelada há algumas semanas.

A especialista em gestão de crises digitais Elisa Monteiro contou ao Yahoo! que o grande erro de Conká foi se contradizer com todas as lutas com que construiu sua carreira: feminismo, empoderamento feminino, racismo e igualdade.

Leia também

“O cancelamento dela começou quando foi xenofóbica com a Juliette. Depois os deboches em geral. Em seguida veio a expulsão do Lucas da mesa, em uma briga que não era dela, mas ela tomou as dores e não soube e colocar de forma moderadora”, contou.

Elis ressaltou que, logo depois, o foco virou o Arcrebiano Araújo, o Bill e na cabeça de Carla Díaz. “Uma feminista que fala que as mulheres se jogam nos homens é muito grave. Ela não poderia ter falado uma coisa tão machista. Nunca vi uma pessoa fazer tanta coisa errada em três dias”, lembrou.

Nas redes sociais o time que cuida da imagem da artista aqui fora chegou a compartilhar uma declaração sobre as atitudes dela no reality e afirmando que vão a acolher quando sair, além de usar a estratégia do silêncio durante os períodos mais complicados.

Com a liderança o time mudou de estratégia e começou a ressaltar momentos em que ela se divertia e interagia com outros participantes favoritos, como Gilberto e Juliette. Para Monteiro a reconstrução da imagem da artista, após o programa, pode durar dois anos.