Informações externas podem fazer com que o 'BBB 20' vire um retiro espiritual


Foto: Reprodução/Globo

Parecia uma missão impossível recuperar o público após o fracasso do ‘BBB 19’. Pensando nisso, Boninho e sua equipe apelaram para o tudo ou nada na temporada comemorativa do reality show mais visto no Brasil. A escalação de anônimos e famosos foi a maior surpresa do ‘BBB 20’.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

O que o público temia era que os “blogueirinhos” tivessem medo de se posicionar para não perder seguidores, mas graças a escalação de um grupo machista, acostumado a objetificar mulheres com naturalidade, ser isento deixou de ser uma escolha. Em poucos dias, até quem optou pela “neutralidade”, como Boca Rosa, deixou bem claro que já tinha escolhido um lado (no caso dela, o dos homens).

Além de ver um elenco disposto a jogar, o público passou a ter aulas de sororidade. Marcela virou a queridinha nas redes sociais por detonar a estratégia dos homens que pretendiam seduzir mulheres comprometidas para que elas se queimassem com o público. O que começou como uma discussão sobre machismo e feminismo logo se tornou um debate sobre caráter.

Leia também

O programa conseguiu unir tribos e pessoas de ideologias diferentes (ou pelo menos ficou perto disso). Um milagre? Quase isso se pensarmos que vivemos um período de polarização política. Se tem uma coisa que ninguém tolera é mentira, trapaça. E o público do ‘BBB’ é aquele que fica confinado assistindo todas as movimentações, cria empatia e se identifica com os participantes. Ninguém, em nenhum lugar do mundo, quer ser usado ou saber que se aproximou de alguém que só queria te queimar de alguma forma.

O ‘BBB 20’ se tornou um sucesso em duas semanas porque nos fez refletir sobre tudo isso, mas corre o risco de se aproximar do que foi o ‘BBB 19’ pelo excesso de informações externas. Após a briga generalizada de segunda-feira (3), que dividiu a casa, fãs tomados pelo senso de justiça levaram cartazes para a Casa de Vidro a fim de enviarem recados aos participantes do programa - recurso que teria sido muito bem-vindo na edição anterior, mas desnecessário na temporada atual.

Foto: Reprodução/Globo

Daniel e Ivy, como já era de se esperar, cumpriram a promessa e chegaram na casa, nesta madrugada, contando tudo o que ouviram nos últimos dias. Os brothers já sabem, por exemplo, que Marcela conquistou torcida e é vista como “fada sensata”. Eles também já se ligaram que os homens serão todos eliminados se continuarem jogando desse jeito. Bianca Andrade, a Boca Rosa, foi alertada sobre seu posicionamento e até detalhes sobre repercussão e rejeição ao Petrix foram transmitidos.

O mais interessante em um programa de confinamento é acompanhar as reações de cada participante sem ajuda externa. Mas essa sensação foi quebrada com a entrada de Daniel e Ivy. Boca Rosa, inclusive, recuou e já pediu desculpa para as meninas da casa. Marcela também encontrou um empecilho: com a verdade escancarada, a queridinha da web deixa de ser uma das únicas capazes de fazer justiça por enxergar o que já estava claro para o público. O que será da mocinha sem os embates com o vilão?

Com todas as informações expostas, é provável que os homens caiam no paredão em breve, deixem o jogo e a casa vire um retiro espiritual com mulheres cheias de empatia. Por outro lado, existe a possibilidade de surgirem novos conflitos e os rapazes virarem o jogo mudando de estratégia (será que ainda é possível?). Ao Boninho fica o nosso agradecimento pelo início incrível de temporada, mas um pedido com carinho: não deixe o fogo no parquinho acabar.