Baseada em livro de Stephen King, 'The Outsider' tem ritmo arrastado

TONY GOES

FOLHAPRESS - Uma cidade pequena tem sua tranquilidade abalada por uma notícia tétrica: o cadáver de uma criança foi descoberto, horrivelmente mutilado. As suspeitas recaem sobre um membro querido da comunidade. O acusado, entretanto, não tem motivos para ter cometido o crime. Um detetive vindo de fora irá esclarecer o caso.

Existem dezenas de séries com premissas semelhantes a esta, disponíveis nas plataformas de streaming. O que faz com que "The Outsider" se destaque é sua grife autoral: Stephen King.

Baseada no livro do mesmo nome (lançado no Brasil em 2018 sob o título "Outsider"), a minissérie da HBO transfere a ação do estado americano de Oklahoma para o da Geórgia, mas mantém --e, segundo alguns, até melhora-- a mistura de investigação policial e mistério sobrenatural proposta pelo autor.

Jason Bateman (da série "Ozark") coproduz, dirige os dois primeiros episódios e faz um dos papéis principais, o professor Terry Maitland. Pacato, casado e com duas filhas, o personagem ainda cumpre outro requisito para ser considerado um cidadão-modelo --é o treinador de um time infantil de beisebol.

No entanto, quando o corpo de um garoto é encontrado em uma floresta, uma trilha de evidências aponta para Maitland. Uma menina o viu entrar ensanguentado em seu furgão. Vídeos gravados por câmeras de segurança reconstituem seus caminhos no dia fatal.

É o bastante para o promotor Ralph Anderson (Ben Mendelsohn, o Talos dos filmes da Marvel, também coprodutor da série) mandar prendê-lo. Esta prisão é feita da maneira mais humilhante possível: durante um treino de beisebol, em frente à família e aos alunos do professor.

Mas logo surge outro vídeo. Na data do crime, Maitland participava de um debate em uma escola, a muitas milhas da cena do crime. Também há testemunhas e até impressões digitais que provam sua presença lá.

Uma pessoa pode estar em dois lugares ao mesmo tempo? Stephen King admite que esta ideia pulsava há tempos em sua cabeça. É este elemento fantástico que diferencia "The Outsider" de suas congêneres, além dos atores de primeira linha.

As esposas de Maitland e Anderson são feitas, respectivamente, pelas ótimas Julianne Nicholson (do filme "Álbum de Família") e Mare Winningham (da série "The Affair"). 

Mas o maior trunfo do elenco não está nos dois episódios que a HBO exibe em sequência neste domingo (12): Cynthia Erivo, cotada a uma indicação ao próximo Oscar de melhor atriz por "Harriet", ainda inédito no Brasil. Erivo interpreta uma personagem recorrente de King: a detetive particular Holly Gibney, que aparece em três outros livros do escritor.

Este repórter teve acesso apenas ao primeiro capítulo da minissérie, o único disponibilizado pela HBO à imprensa brasileira. É bem feito, mas seu clima soturno é prejudicado pelo ritmo arrastado. Com base nele, não é possível recomendar ao espectador comum que assista a "The Outsider". 

Mas os fãs de Stephen King --que já transformaram em sucessos obras bem menos cuidadas do que esta-- provavelmente não terão do que reclamar.

THE OUTSIDER

Quando: Estreia neste domingo (12), às 23h, na HBO. Dois episódios exibidos em sequência

Classificação: 14 anos

Elenco: Jason Bateman, Ben Mendelsohn e Cynthia Erivo

Avaliação: regular