Barba: 7 dicas para você cuidar da sua

·3 minuto de leitura
Portrait of smartly dressed man in black overcoat and glasses feeling his beard with eyes closed, smiling.
Veja dicas valiosas para o cuidado de sua barba (Foto credito: agência Getty)

Se você é do time dos homens com barba – fios curtos ou longos –, precisa aprender a cuidar dela, sem gambiarras, e da pele por baixo dela. Confira as dicas e truques dados pela dermatologista Carolina Milanez, especialista em cosmiatria pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

  • Não use xampu para cabelo

Se a barba estiver muito comprida, a região tem de ser lavada com um xampu específico para ela, nada de usar xampu de cabelo. Por quê? A pele do couro cabeludo é diferente da do rosto. Os xampus usados para lavar o couro cabeludo podem levam a uma irritação da pele do rosto, Na falta de produtos específicos para higienizar os pelos da barba, o indicado é utilizar um sabonete líquido neutro.

Leia também:

  • Não esqueça do rosto onde essa barba habita

Mesmo que você tenha a barba longa e use o xampu específico, não esqueça que a higiene do rosto tem de ser feita duas vezes por dia com água fria, no máximo morna, com sabonete específico para seu tipo de pele. Se não tiver esse produto, que seja ao menos um sabonete neutro.

  • Barba bonita, pele saudável

Ao raspar ou aparar sua barba, não esqueça de higienizar utensílios como aparelho de barbear e pincel. Se usar lâmina, troque-a com frequência. Também dê preferência a produtos específicos para o barbear, como espuma ou creme em vez de sabonete. Para finalizar seu barbear, aplique loções pós-barba com ação calmante.

  • Proteção solar, sim, senhor

Se a barba for cerrada, ela garante um pouco de proteção solar para a pele do rosto, mas ainda assim é preciso usar filtro solar, no mínimo com FPS 30, nas partes expostas. Barbas com falhas ou ralas, por meio das quais se veja a pele do rosto, é preciso aplicar protetor até sobre os fios. Dê preferência a produtos na forma de spray ou gel creme, que espalham melhor. Na praia ou na piscina, complete a proteção usando um boné.

  • Barba tem caspa, não é mito

A caspa, ou dermatite seborreica, pode acometer outras áreas do corpo além do couro cabeludo, como barba e sobrancelhas. Por isso, ao constatar a descamação, procure um médico dermatologista para que ele oriente o tratamento.

  • Xô pêlo encravado!

Assim como é possível ter caspa na barba, é possível ter pêlo encravado. Pêlos enrolados têm mais propensão do que lisos para encravar. Barbear-se frequentemente é outro fator que pode levar o pêlo a encravar. Quem tem o problema deve fazer a barba com menos frequência e procurar não cortar o pêlo tão rente da pele. Outra recomendação é cortar o pêlo no sentido que ele cresce e não o contrário. Aparelhos elétricos costumam ser os mais indicados porque não cortam tão rente quanto lâminas. No caso destas, mais uma vez, atente-se à frequência com que as troca. Lâminas velhas podem causar alergia e mais irritação na pele, então, o pêlo, além de encravar, inflama mais. O mais importante de tudo para quem tem pêlo encravado, seja onde ele estiver, é não cutucar.

  • Truque de barbeiro em casa

Não é frescura aquela toalha quente colocada sobre o rosto quando você faz a barba em uma barbearia. Ela ajuda a abrir os poros e deixa os fios mais maleáveis, o que facilita sua retirada. Só não vale descuidar da temperatura para não queimar a pele e/ou piorar a dermatite seborreica. Fazer a barba no chuveiro ou imediatamente após sair dele também tem o efeito toalha quente, por causa do vapor.