Banksy pede que ladrões roubem loja da Guess, que usou sua arte sem permissão

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O grafiteiro Banksy, um dos mais famosos artistas de rua no mundo, pediu que ladrões roubem roupas de uma loja da Guess em Londres, na Inglaterra. Ele diz que o estabelecimento usou uma arte sua sem autorização. O artista, que tem a identidade desconhecida, publicou o pedido em seu perfil no Instagram.

"Atenção, todos os ladrões de loja. Por favor, vão até a Guess da Regent Street. Eles se aproveitaram de uma arte minha sem autorização, como pode ser errado que você faça o mesmo com as roupas deles?", escreveu.

É possível ver, no fundo da imagem, a vitrine da loja estampada com a reprodução de um dos grafites feitos por Banksy.

Na última semana, o artista publicou imagens de um grafite feito em Borodianka, nos arredores da capital Kiev, na Ucrânia, país que está em guerra contra a Rússia desde o começo deste ano. Ele confirmou posteriomente que criou sete murais, espalhados em diferentes cidades do território ucraniano.

O grafite em preto e branco mostra uma ginasta fazendo uma parada de mão em cima de alguns blocos de concreto de um edifício de Borodianka totalmente em ruínas por causa de um bombardeio.