Banksy faz grafite em prédio destruído por bombardeio de guerra na Ucrânia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O grafiteiro Banksy, um dos mais famosos artistas de rua no mundo, publicou nesta sexta, 11, em seu perfil do Instagram, imagens de sua obra mais recente, feita em Borodianka, nos arredores da capital Kiev, na Ucrânia, país que está em guerra contra a Rússia desde o começo deste ano.

O grafite em preto e branco mostra uma ginasta fazendo uma parada de mão em cima de alguns blocos de concreto de um edifício totalmente em ruínas por causa de um bombardeio.

A cidade ucraniana foi um dos locais mais impactados por bombas russas quando a invasão ao país começou, em 24 de fevereiro -mais de 90% da área do centro da cidade foi destruída, segundo veículos internacionais. Em abril o local foi desocupado.

Apesar de o artista não ter divulgado mais obras em seu Instagram ainda --é assim que ele costuma assumir sua autoria-- outros grafites que seguem o mesmo estilo foram visto em cidades ucranianas afetadas pela guerra.

Em Irpin, por exemplo, uma menina dança com uma fita de ginástica rítmica apoiada em um buraco na parede e, em Borodianka, um pequeno menino dá um golpe de judô em um homem mais velho que poderia ser Vladimir Putin, presidente da Rússia.

Não é a primeira vez que o artista de identidade desconhecida se manifesta em territórios em conflito. Ele já deixou obras na Cisjordânia, por exemplo, para mostrar solidariedade ao povo palestino.