Banda Lagum se apresenta no Rock in Rio e avisa: “Só o começo”

A banda Lagum está colhendo os frutos de um ótimo ano de trabalho. Depois de passar por grandes festivais como Lollapalooza e João Rock, a banda é uma das atrações do espaço Itaú, no Rock in Rio, nesta sexta-feira (09). Convidados do Yahoo Entrevista desta semana, os músicos Pedro Calais, Jorge, Francisco Jardim e Zani Furtado falaram sobre a expectativa de subir mais uma vez no palco do festival.

“A gente está muito afim de chegar lá e amassar, fazer o rock'n roll rolar mesmo lá no Rock in Rio, que é algo que é para isso que a gente está lá. E a gente espera que os fãs estejam lá em peso também. Espero que seja só o primeiro passo e que no próximo ano a gente consiga estar em melhores horários em palcos principais, em red line. E tem muita coisa a ser conquistada ainda pela frente”, comemora.

Com quase uma década de carreira e músicas virais nas redes sociais, como os hits “Ninguém me ensinou”, "Deixa" e "OI", a banda deve entrar em estúdio em breve para gravar um novo álbum, e faz planos para o futuro.

“Esse é só o começo de muita coisa, de até oito anos de carreira e cada ano é surpreendente pra gente de uma maneira. Esse ano, acho que pela retomada da pandemia, foi o ano dos festivais, então a gente conseguiu cumprir muitas metas e sonhos que a gente já tinha através dos festivais”.

Hits virais

A banda já soma só no Tiktik cerca de 34 milhões de de visualizações da música “Ninguém me ensinou”, que acabou viralizando entre criadores de conteúdo de viagem, bem-estar, conquistando muita gente nova.

“É uma música profunda, ali estou falando de questões mentais que já tive, ansiedade, depressão, tentar ver a vida de um jeito melhor, silenciar essas paranóias e focar no momento presente."

Legado de Tio Wilson

Depois de um período difícil em setembro de 2020, quando perderam o baterista Breno Braga, o Tio Wilson, que sofreu uma parada cardiorrespiratória e acabou falecendo, a banda vem colhendo os frutos do sucesso do álbum "Memórias (De Onde Eu Nunca Fui)", lançado em 2021, que foi todo composto com Tio Wilson.

"A gente entregou ele de uma maneira diferente do que era planejado e do que era esperado quando a gente começou a produzir. O grande desafio agora é se reinventar para entrar no estúdio novamente sem ele”, explicou.

Assista a entrevista completa: