Banda Kalush Orchestra é celebrada em retorno à Ucrânia após vencer Eurovision

Banda Kalush Orchestra é celebrada em retorno à Ucrânia após vencer Eurovision

Por Andriy Perun

KRAKOVETS, Ucrânia (Reuters) - A banda Kalush Orchestra, da Ucrânia, voltou para casa nesta segunda-feira após uma emocionante vitória no concurso musical Eurovision, e foi recebida na fronteira com a Polônia por militares e mulheres cuja causa a banda defendeu em Turim.

O vocalista Oleh Psiuk recebeu um buquê de flores amarelas e azuis --as cores da bandeira da Ucrânia-- e se reencontrou com a namorada antes dele e da banda improvisarem uma versão de “Stefania”, música que lhes rendeu a vitória.

No sábado, os ucranianos surfaram em uma onda de apoio popular para ganhar o festival musical anual na cidade no norte da Itália, dando aos seus compatriotas uma injeção de ânimo muito necessária após quase 12 semanas de guerra com a Rússia.

Os soldados ucranianos vendo pela televisão haviam comemorado a vitória, com Psiuk fazendo um apelo por ajuda ao final de sua apresentação ao vivo pela cidade sitiada de Mariupol e a siderúrgica de Azovstal.

“O Eurovision é muito importante, especialmente este ano. Mas as vidas de tantas pessoas são muito mais importantes”, disse Psiuk, na fronteira.

A Kalush Orchestra planeja vender o troféu do Eurovision para arrecadar dinheiro para pessoas afetadas pela guerra da Ucrânia. Psiuk disse que esperava conseguir centenas de milhares de dólares.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos