Bactérias encontradas em coco de bebês podem curar e tratar doenças

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Muitas pessoas não aguentam nem chegar perto da fralda suja de um bebê, mas saiba que o coco dos pequeninos pode ser mais útil que imaginamos. Um estudo publicado no Scientific Reports afirma que as bactérias encontradas nas fezes dos nenéns podem curar e tratar doenças.

Leia mais: Você transformaria o cordão umbilical do seu bebê em uma recordação?

Isso porque a variedade dessas bactérias produzem um coquetel probiótico, que pode combater a obesidade e tratar o câncer. Os pesquisadores coletaram material das fraldas de 34 bebês saudáveis e, em seguida, isolaram 10 amostras de bactérias.

Elas se mostraram eficazes em ajudar o corpo a manter a saúde do intestino, pois produzem ácidos graxos de cadeia curta, moléculas que desempenham papel fundamental para manter a microbiota intestinal saudável.

“Bebês são geralmente muito saudáveis e claramente não sofrem com doenças relacionadas à idade, como diabetes e câncer. E, é claro, seu coco é facilmente acessível”, diz o doutor Hariom Yadav, que lidera o estudo.

Leia mais: Veja por que você não deve permitir que alguém beije seu bebê

Mais pesquisas deverão ser realizadas para descobrir de que forma o conteúdo das fezes da criança pode ser utilizado. Se os pesquisadores comprovarem de fato a eficácia, é provável que as bactérias sejam transformadas em algum tipo de suplemento probiótico – já que coletá-las direto da fonte não é uma alternativa recomendável.