Baco Exu do Blues reflete sobre “QVVJFA”: “Além de amor branco”

·1 min de leitura
Baco Exu do Blues lançou “Quantas vezes você já foi amado?” recentemente (foto: reprodução / instagram @exudoblues)
Baco Exu do Blues lançou “Quantas vezes você já foi amado?” recentemente (foto: reprodução / instagram @exudoblues)

Resumo da Notícia:

  • Baco Exu do Blues está celebrando que seu novo álbum já foi ouvido mais de 2,5 milhões de vezes

  • O cantor baiano conversou com os apresentadores do "Trace Trends "Brasil" sobre o trabalho

Diogo Moncorvo, mais conhecido como o rapper Baco Exu do Blues, está celebrando o sucesso de seu novo álbum, “Quantas vezes você já foi amado?”, lançado há poucas semanas nas plataformas de streaming.

Em conversa com Alberto Pereira Jr e Xan Ravelli no quadro ‘Trace Papo’, do “Trace Trends” que vai ao ar nesta sexta-feira (18), ele falou mais sobre a composição do trabalho que já soma mais de 2,5 milhões de reproduções.

“É muito além de ser amado nesse amor branco, Romeu e Julieta, Titanic e todas essas referências brancas, é sobre a potência de entender o que nos impede de reproduzir o afeto e o amor. Quais são os traumas que a gente precisa lidar para conseguir passar por isso e simplesmente admirar, ter carinho, respeito e conquistar os nossos”, disse no bate papo.

Cantor revelação em 2017 pelo Prêmio Multishow de Música Brasileira, Baco é um dos artistas expoentes com maior notoriedade do país atualmente. “A primeira coisa que eu fui buscar quando eu me perguntei quantas vezes eu fui amado, foi autoamor, foi quantas vezes eu me amei e foram pouquíssimas”, revela.

Ele ainda comentou que o processo de produção do trabalho o ajudou a levantar e resolver questões sobre ele mesmo. “É sobre buscar forças, me fortalecer para conseguir me amar e amar o próximo, os meus iguais e a partir daí ter ferramentas suficientes para reagir a qualquer coisa que eu tenha que lidar”, completa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos