Baco Exu do Blues emplaca "QVVJFA?" como quinto álbum mais ouvido do mundo

·1 min de leitura
Baco Exu do Blues em foto nas redes sociais
Baco Exu do Blues em foto nas redes sociais. Foto: Reprodução/Instagram

Resumo da notícia:

  • Baco Exu do Blues emplaca "QVVJFA?" como quinto álbum mais ouvido do mundo

  • Novo disco está entre os 10 maiores lançamentos da semana no Spotify

  • Produção fala sobre a afetividade do homem preto na sociedade

Bacu Exu do Blues entrou no Top 10 Global dos lançamentos da semana no Spotify com seu mais novo álbum. "Quantas Vezes Você Já Foi Amado?" emplacou o quinto lugar entre os discos mais ouvidos do mundo.

Com 12 faixas, a produção chegou ao público na última terça-feira, 26, e fala sobre a realidade afetiva do homem preto na sociedade.

“‘Quantas vezes você já foi amado’ é uma pergunta que deixa todo mundo desconfortável. No meu caso, eu fui amado várias vezes, mas fui pouco ensinado a receber esse amor. Isso fez parecer que quase nunca fui amado porque o amor é um ciclo que só se completa quando uma pessoa está te entregando aquilo e você consegue receber e passar de volta de alguma forma", declarou o artista à Metrópoles.

"Comigo foi sempre diferente. Eu sentia que as pessoas estavam jogando aquele amor, aquele afeto em mim, mas eu não conseguia sentir 100%. Ficava desconfiado pela trajetória de vida que tenho”, completou.

Sobre a abordagem de "QVVJFA?", Baco definiu o que quer passar com o projeto. “A estética é uma parada única. Remete a todo tempo ao Brasil e a Salvador. É muito música brasileira, mas ao mesmo tempo é muito música eletrônica. No final das contas é música negra, caminha por todos os lugares”, refletiu.

Além de Baco, outro disco brasileiro também entrou na lista semanal. Também lançado no último dia 26, "Numanice #2", de Ludmilla, conquistou o nono lugar do ranking.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos