Backstreet Boys adiam show em SP por causa do coronavírus

AMON BORGES
Nick Carter, AJ McLean, Kevin Richardson, Nick Litrell e Howie Dorogh do Backstreet Boys durante show no México, fevereiro de 2020. Foto: Medios y Media/Getty Images

A organização do show dos Backstreet Boys voltou atrás e decidiu adiar o show em São Paulo, que ocorreria neste domingo (15) no Allianz Parque (zona oeste), com os ingressos esgotados.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Com a pandemia do novo coronavírus, muitos fãs tiveram dúvidas sobre a realização. Contatada no início deste sábado (14), a produtora Live Nation havia afirmado que o evento estava mantido.

Leia também:

“A segurança e o bem-estar de nossos fãs, funcionários e de todas as pessoas são sempre nossas principais prioridades. Lamentamos a decepção dos fãs”, afirmou em nota.

Como forma de combater a ampliação da crise do coronavírus em São Paulo, a prefeitura da capital e o governo do estado cancelaram por tempo indeterminado todos os eventos com aglomerações organizados pelo poder público.

Para eventos particulares não há proibição, mas uma recomendação para que sejam evitados.

A produção não confirmou a quantidade de pessoas que poderia ir ao show, mas o Maroon 5, por exemplo, reuniu cerca de 45 mil no mesmo local em 1º de março.

Segundo a Live Nation ainda, os fãs devem manter os ingressos em mãos, pois serão válidos para a nova data que deve ser divulgada em breve, bem como a política de reembolso do valor do ingresso para aqueles que não conseguirem comparecer na nova data.

Seria o terceiro show da boy band nesta passagem pelo Brasil. O primeiro foi em Uberlândia (MG), na quarta (11), para 6.500 pessoas. Já o segundo foi no Rio de Janeiro, nesta sexta (13), na Jeunesse Arena -o público não foi divulgado.

Antes de chegar ao país, o perfil oficial do grupo nas redes sociais postou de forma humorada uma recomendação para o público lavar bem as mãos enquanto ouvem hits.

“Anúncio de utilidade pública do BSB: os Backstreet Boys se preocupam com sua saúde e segurança. Por favor, usem estas músicas como guia para o tempo correto de lavagem das mãos.”

O quinteto formado por Brian, Kevin, Nick, A.J. e Howie D. lançou em janeiro de 2019 o álbum “DNA” e iniciou uma turnê mundial em maio na Europa. Agora finaliza a série de apresentações da DNA World na América Latina, que teve na agenda países como México, Colômbia, Chile, Argentina e Uruguai.

SHOWS

A Covid-19 tem causado o cancelamento de diversos eventos musicais. O Lollapalooza Brasil, agendado para 3, 4 e 5 de abril, no autódromo de Interlagos (zona sul de São Paulo), anunciou nesta sexta (13) que foi reagendado para os dias 4, 5 e 6 de dezembro.

As versões da Argentina e do Chile seguiram o mesmo movimento e, do fim de março, passam para o fim de novembro.

No Brasil, os sete shows da boy band inglesa McFly, que seriam em março, foram transferidos para setembro e outubro: São Paulo (24/9), Curitiba (25/9), Porto Alegre (27/9), Uberlândia (29/9), Ribeirão Preto (1º/10), Belo Horizonte (3/10) e Rio de Janeiro (4/10).

“Devido a consequências imprevisíveis da crise de saúde mundial e o alerta de pandemia de coronavírus da OMS, a turnê do McFly no Brasil foi adiada”, explicou a banda no Instagram.

A passagem conjunta de Offspring e Pennywise no Brasil, em março, também foi adiada por tempo indeterminado.