Babá enganada em "Borat 2" recebe ajuda de R$ 700 mil em vaquinha virtual

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
Maria Bakalova e Jeanise Jones (à direita) em cena de Borat: Fita de Cinema Seguinte (reprodução)
Maria Bakalova e Jeanise Jones (à direita) em cena de Borat: Fita de Cinema Seguinte (reprodução)

A babá Jeanise Jones estrelou o recém-lançado ‘Borat: Fita de Cinema Seguinte’ sem saber. Como muitos outros participantes, a estadunidense achou que o documentário era verdadeiro e aceitou cuidar de Tutar, filha do protagonista interpretada por Maria Bakalova.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

No longa, Jones passou pelo constrangimento de ser envolvida numa conversa sobre masturbação diante das câmeras. Após as gravações, algo muito pior aconteceu, e sem ligação com o filme: a pandemia do novo coronavírus a fez perder o emprego que mantinha há 32 anos.

Leia também

Para ajudar a superar o momento difícil, o pastor Derrick Scobey, que atua na região onde vive a babá, decidiu fazer uma vaquinha virtual para ajudá-la. E o resultado tem sido ótimo: a campanha já arrecadou US$ 127 mil, o equivalente a mais de R$ 733 mil.

"A Jeanise Jones é mãe de três, avó de seis e membro fiel da nossa igreja, disposta a ajudar qualquer um que precise de ajuda. Ela se tornou a estrela do novo filme de Borat”. Mesmo com uma aparição marcante, a babá recebeu apenas US$ 3.600 pela sua participação no longa.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube