Avatar 2 precisa de façanha nas bilheterias mundiais para obter lucro

James Cameron, diretor de Avatar: O Caminho da Água, admitiu que o novo filme vai precisar ser "a terceira ou quarta maior bilheteria na história do cinema" para ser lucrativo.

Cameron disse à GQ em recente entrevista que O Caminho da Água foi caro "para car***o" para ser feito, embora ele não tenha compartilhado um número exato para apoiar ou refutar as alegações de que o orçamento de produção era cerca de US$ 250 milhões.

Cameron, no entanto, se referiu ao filme como "o pior caso de negócios da história do cinema" antes de revelar que a tão esperada sequência precisaria ter uma classificação alta nas paradas globais de bilheteria apenas para compensar o que foi gasto.

"Precisa ser o terceiro ou quarto filme de maior bilheteria da história", disse Cameron, sobre obter lucro com o filme.

O filme Avatar original atualmente está no topo da bilheteria mundial com US$ 2,9 bilhões. Em seguida, estão Vingadores: Ultimato com US$ 2,7 bilhões, Titanic com US$ 2,2 bilhões e Star Wars: O Despertar da Força com US$ 2,07 bilhões. De acordo com Cameron, O Caminho da Água precisa ultrapassar O Despertar da Força e empurrar o filme para o quinto lugar, atualmente ocupado por Vingadores: Guerra Infinita, para ganhar dinheiro.

Cameron indicou anteriormente que o desempenho de bilheteria de O Caminho da Água e do ainda sem título Avatar 3 determinará se o quarto e o quinto filmes Avatar acabarão sendo feitos; ele disse à Total Film: "O mercado pode nos dizer que estamos prontos em tr...

Avatar 2 precisa de façanha nas bilheterias mundiais para obter lucro
Leia Mais