Avaí fez o que Palmeiras e Vasco tiveram medo de fazer

Avaí apresenta seu novo técnico. Foto: ND Mais

O Avaí contratou o português Augusto Inácio para treinar o time na próxima temporada. Aos 64 anos, Inácio já trabalhou no Sporting e Porto, além de ter passado por equipes da Grécia, Romênia, Egito e Qatar. A diretoria do clube catarinense apostou num profissional experiente para voltar à Série A do Brasileiro.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Inácio foi campeão português com o Sporting, na temporada 1999/2000, e ganhou a Taça da Liga com o Moreirense, em 2016. Seu último trabalho foi no Aves, na Série B portuguesa. Óbvio que a escolha por Inácio tem a ver com o sucesso de Jorge Jesus no Flamengo. Agora, por que não apostar num técnico que nunca havia trabalhado no Brasil? O Avaí resolveu arriscar, procurando sair da mesmice dos comandantes brasileiros.

Leia também:

A postura do Avaí contrasta com o temor de outros grandes clubes do Brasil, que não querem tentar algo novo no país. Palmeiras e Vasco preferiram nomes fortes de vestiário, ao invés de buscar uma idéia de jogo nova ou uma liderança diferente. Claro que a vinda de qualquer estrangeiro não é nenhuma garantia de sucesso, mas não custa tentar, num momento em que o bom futebol no Brasil foi retomado com dois treinadores de fora. Jesus e Sampaoli foram dominantes no Brasileirão e viraram parâmetro, pelo menos.

Veja mais de Alexandre Praetzel no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter