Auxiliar de enfermagem se arrisca em enxurrada para vacinar idosos no Paraná

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura
A auxiliar de enfermagem Ângela Maria de Jesus se arrisca em enxurrada para vacinar idosos no interior do Paraná

Uma auxiliar de enfermagem se arriscou em meio a uma chuva torrencial no Paraná para vacinar idosos conta o novo coronavírus. A profissional, chamada Ângela Maria de Jesus, atravessou uma enxurrada para chegar à área rural de Porto Rico, na região noroeste do estado.

Em vídeo que circula nas redes sociais, a auxiliar aparece se equilibrando no arame da cerca de uma propriedade para não se molhar. Vestida com o jaleco do SUS, ela conseguiu escapar da água corrente e vacinou idosos acamados com mais de 90 anos.

Leia também

O caso aconteceu na manhã de sexta-feira (12). Em entrevista ao portal G1, Ângela Maria de Jesus contou que ficou preocupada com a possibilidade das vacinas estragarem. Por isso, resolveu atravessar a enxurrada andando na cerca.

“Eu parei e falei: ‘Como vou fazer?’. Não posso perder doses. Não importa o obstáculo, o importante é fazer a vacina da Covid-19. Nós somos sérios no que fazemos e temos amor na profissão”, afirmou.

Segundo a equipe, as vacinas precisam ser aplicadas em um intervalo de até seis horas depois que a ampola é aberta.

Porto Rico tem cerca de 2,5 mil habitantes. Todos os idosos com mais de 90 anos já foram vacinados, de acordo com a Prefeitura.

Em todo o Paraná, 239.862 pessoas foram imunizadas contra a Covid-19 até sexta-feira, de acordo com boletim da Secretaria de Estado da Saúde.