Auxílio de R$ 600 a informais poderá ser sacado em lotéricas, Correios e agências de bancos públicos

Marcello Corrêa, Manoel Ventura e Gustavo Maia
O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni

BRASÍLIA - O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, disse nesta segunda-feira que o auxílio de R$ 600 que o governo pagará a informais poderá ser sacado nas agências do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, casas lotéricas e agências dos Correios. A medida faz parte do pacote para reduzir os efeitos da crise do coronavírus.

— Segundo a lei, o pagamento será pelos bancos federais: Banco do Brasil, Caixa, BASA (Banco da Amazônia) e BNB (Banco do Nordeste). Estamos trabalhando com as melhores redes, que é Caixa-lotéricas, Banco do Brasil e Correios. Será a maior rede possível para o dinheiro chegar com agilidade para o cidadão — disse o ministro, durante entrevista à imprensa no Palácio do Planalto.

O projeto de lei que autoriza o auxílio emergencial está sendo votado na tarde desta segunda-feira pelo Senado, após já ter tido aval da Câmara. Onyx explicou que, após a aprovação do texto, o governo ainda precisa cumprir três etapas: sanção presidencial, decreto para regulamentar os saques e edição de uma medida provisória (MP) para liberar os recursos do Orçamento.