Autor de vazamento de ‘O Regresso’ é multado em mais de US$ 1 milhão

image

Nem o fato de DiCaprio ter recebido o Oscar pelo filme atenuou a pena (Divulgação)


William Kyle Morarity, ex-funcionário da 20h Century Fox, foi considerado culpado em caso de divulgações ilegais de “O Regresso” e “Snoopy e Charlie Brown - Peanuts, o Filme”, feitas quando ele trabalhava no estúdio.

De acordo com a revista “Variety”, Morarity foi condenado a pagar US$ 1,12 milhão (R$ 3,62 milhões) de indenização ao estúdio. Além disso, ele foi sentenciado a estar em prisão domiciliar de oito meses e a 24 meses - dois anos - em liberdade assistida.

Morarity “vazou” o filme seis dias antes do Natal de 2015, cujo resultado foi o download da obra por mais de um milhão de vezes durante seis semanas. A alegação da Justiça da Califórnia foi de que “a conduta ilegal do réu causou dano significativo à vítima” - ou seja, ao estúdio.

No entanto, o filme de Alejandro G. Iñárritu conseguiu mais de US$ 532 milhões (R$ 1,7 bilhão) e, de quebra, rendeu o Oscar de melhor ator para Leonardo DiCaprio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos