Autocuidado em casa não é luxo, é necessidade básica

Marcela De Mingo
·5 minuto de leitura
autocuidado em casa
Valorizar momentos de descanso é, sim, uma forma de autocuidado (Foto: Getty Creative)

Máscara de argila, ioga, observar a vista da janela. Cuidar do que lê e da qualidade do sono. Saber a hora de parar de trabalhar (e de começar também). Cuidar de si mesmo nunca foi tão importante e, com a quarentena do coronavírus ainda em curso, o autocuidado em casa virou praticamente uma necessidade básica.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

De acordo com a dermatologista Maria Paula Del Nero, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, autocuidado é o nome dado a todos os cuidados que devemos ter com o nosso corpo. Isso inclui cuidados com a pele, cabelos e unhas, a forma física, além da mente. "Esses cuidados são importantes para manter o equilíbrio do nosso organismo", explica.

Leia também

O isolamento social exigiu uma mudança brusca de rotina - e a necessidade de readaptar o trabalho, a educação dos filhos e até os relacionamentos gerou um nível de estresse que, somado à ameaça do coronavírus e à tensão política que vivemos no Brasil, se tornou uma verdadeira bomba relógio.

Por isso, Dra. Maria Paula explica que, para manter o autocuidado em casa em dia, é fundamental buscar uma rotina saudável. E, claro, essa atenção extra consigo mesmo implica também em cuidar da mente - afinal, de nada adianta um corpo saudável se o seu emocional está desestabilizado.

"Como a gente cuida do astral? Eu acredito em três pilares para conseguir isso nos nossos dias", diz a cirurgiã plástica Tatiana Moura. "Um pilar seria o exercício físico. Tanto quanto o cuidado com a pele, o exercício físico tem que estar na sua rotina. O outro pilar seria o descanso: a gente precisa ter uma rotina de sono, uma higiene do sono. O outro pilar é a espiritualidade: sempre tentar ver o lado bom das coisas, um caminho mais positivo, evitar o máximo reclamar, desdenhar das coisas e sempre agradecer que estamos saudáveis, que temos casa, família, trabalho. O que estiver faltando, lutar para conseguir e não reclamar da falta".

Como tornar o autocuidado em casa parte da rotina?

Se você tem dúvidas de como começar uma rotina de autocuidado, especialmente com a sua saúde mental, vale a pena seguir algumas das dicas abaixo:

1. Busque mexer o corpo

Seja fazendo aulas de ioga, continuando os seus treinos via videoconferência, buscando novas atividades para fazer no YouTube ou só dançando na sala ao som da sua música preferida, tente manter o corpo em movimento. São inúmeros os estudos que ligam a atividade física à liberação de endorfina, o hormônio responsável pelas sensações de prazer e bem-estar, tornando essas atividades uma ferramenta poderosa contra a depressão, pelo exemplo.

2. Aprenda como se planejar

Já falamos sobre a importância do planejamento para lidar com momentos de crise, mas ele não serve só para isso. Pode ser usado também para mapear o que você gostaria de alcançar na sua vida, e até mesmo como lidar com os seus dias e as atividades cotidianas. Um planejamento que ajude você a estruturar uma rotina é essencial para manter a estabilidade - inclusive mental.

3. Cuide do seu sono

Um ponto em comum é o quanto o sono fica desregulado durante períodos de estresse. Com os horários mais confusos e a falta de deslocamento de casa até o trabalho, é normal dormirmos mais tarde do que o de costume e acordarmos mais tarde também - sem contar a ansiedade gerada pela situação mundial o que, por si só, pode alterar a nossa rotina de sono. Então, é preciso trabalhar com tudo isso para garantir um sono minimamente saudável.

Experimente desligar as telas (celulares, computadores e televisores) pelo menos uma hora antes de dormir. Tenha um horário certo para deitar e busque atividades pouco estimulantes para preparar o corpo para as horas de sono, como ler ou meditar.

Peaceful Woman Asleep In Bed As Day Break Through Curtains
Desligar telas e desacelerar é o segredo para preparar o corpo para dormir (Foto: Getty Creative)

4. Lave as mãos e o rosto com frequência

Só porque você está em casa, não significa que os hábitos de higiene devem ficar de lado. Pelo contrário: é um ato de autocuidado lavar as mãos corretamente e com frequência e fazer o mesmo com o rosto. Se você faz parte da parcela da população que não pode ficar em casa nesse momento, esses hábitos se tornam ainda mais importantes. Na dúvida, leve um vidrinho de álcool em gel no bolso para higienizar as mãos de tempos em tempos.

5. Priorize o descanso

Trabalhando de casa, é fácil as linhas entre o trabalho e a vida pessoal ficarem confusas. Por isso, não se esqueça de descansar e aproveitar esses momentos de relaxamento. Se for assistir a um filme, deixe o celular de lado. Se estiver na hora de comer, porque não cozinhar algo que você goste ao invés de só pedir pelo delivery? Sim, existem atividades que se caracterizam como um descanso ativo, algo que tire a sua mente do trabalho e das preocupações constantes e que seja prazeroso. Não descarte, também, a opção de apenas sentar no sofá ou na sua poltrona favorita em silêncio, curtindo o momento.

Se você não tem a oportunidade de trabalhar em casa e precisa sair diariamente, descansar faz parte do cuidado para que a sua imunidade não caia e você se mantenha saudável, sem estressar o corpo mais do que necessário.

Talvez uma das grandes mudanças que a crise do coronavírus tenha trazido é a necessidade de colocar o cuidado consigo mesmo como prioridade. Segundo a dermatologista Maria, a longo prazo, manter uma rotina de autocuidado em casa não só evita doenças, mas também aumenta a longevidade, a sensação de bem-estar e a disposição. E tudo o que você precisa para colocá-la em prática é disciplina.

Se, no seu caso, essa disposição e motivação estão em falta, o truque é sempre começar pequeno - e comemorar essas pequenas conquistas! Faça o que estiver a mão e lembre-se de celebrar cada passo.