Autobiografia do príncipe Harry será publicada em janeiro com o título "Spare"

Príncipe Harry

LONDRES (Reuters) - A autobiografia do príncipe britânico Harry será publicada em 10 de janeiro com o título "Spare" e contará com "honestidade crua e inabalável" sua jornada do "trauma à cura", disse a editora Penguin Random House nesta quinta-feira.

O livro, que seria publicado originalmente no final deste ano, será "cheio de insights, revelações, autoanálise e sabedoria duramente conquistada em relação ao poder eterno do amor sobre o luto", disse a editora.

O título refere-se à posição de Harry como irmão mais novo do príncipe William, que é herdeiro do trono britânico desde que seu pai Charles se tornou rei no mês passado após a morte da rainha Elizabeth. Até William e a esposa Kate terem seus três filhos, Harry era o próximo na linha de sucessão de seu irmão, daí a frase "o reserva (´spare´) do herdeiro".

Uma foto de Harry olhando diretamente para a câmera aparece na capa, junto com as palavras "Príncipe Harry" e "Spare".

Harry e sua esposa Meghan, formalmente conhecidos como duque e duquesa de Sussex, abandonaram os deveres reais no início de 2020 e se mudaram para os Estados Unidos.

O livro será publicado em 15 idiomas, incluindo espanhol, francês e chinês, enquanto a edição em inglês estará disponível no Reino Unido, Irlanda, Austrália, Nova Zelândia, Índia, África do Sul e Canadá.

Harry apoiará instituições de caridade britânicas com as doações dos lucros, disse a editora.

(Reportagem de Muvija M e Paul Sandle)