Auto-retrato de Van Gogh escondido é encontrado atrás de pintura na Escócia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Autorretrato de Vincent van Gogh descoberto em Edimburgo
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

LONDRES (Reuters) - Um auto-retrato do artista holandês pós-impressionista Vincent van Gogh foi descoberto escondido atrás de uma de suas pinturas.

As Galerias Nacionais da Escócia disseram nesta quinta-feira que conservadores de arte fizeram a descoberta, que se acredita ser a primeira de uma instituição do Reino Unido, durante um exame de raio-x da obra de arte de Van Gogh de 1885 "Cabeça de Camponesa" para uma exposição futura.

A instituição disse que o raio-x mostrou "um modelo barbudo com um chapéu de abas e um lenço frouxamente amarrado na garganta. Ele fixa o espectador com um olhar intenso, o lado direito de seu rosto na sombra e sua orelha esquerda claramente visível".

A imagem estava escondida atrás de papelão e camadas de cola.

"Quando vimos o raio-x pela primeira vez, é claro que ficamos muito empolgados", disse a conservadora sênior de pinturas Lesley Stevenson em um vídeo compartilhado pelas Galerias Nacionais da Escócia.

"Uma descoberta tão importante acontece uma vez, duas vezes na vida de um conservador... Ter uma imagem, tão indescritível quanto é atualmente, é algo muito, muito especial."

Van Gogh é conhecido por ter muitas vezes reutilizado suas telas, trabalhando também no reverso.

As Galerias Nacionais da Escócia disseram que seus especialistas estão analisando como remover a cola e o papelão que cobrem o autorretrato sem danificar a "Cabeça de Camponesa".

A imagem de raio-x será exibida do dia 30 de julho a 30 de novembro, na exibição "Gosto por Impressionismo" na Academia Real Escocesa, em Edimburgo.

(Reportagem por Marie-Louise Gumuchian)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos