Aumenta o número de pedidos de ajuda contra suicídio por conta de série da Netflix

Na série “13 Reasons Why”, a protagonista Hannah Baker comete suicídio (Foto: Divulgação/Netflix)

De acordo com o jornal “O Estado de S. Paulo”, o Centro de Valorização da Vida (CVV) registrou um aumento de 445% no número de e-mails recebidos com pedidos de ajuda desde que a série “13 Reasons Why” estreou na Netflix, no fim de março.

A média de visitas diárias no site da entidade também aumentou 170% e, segundo o presidente do CVV Robert Paris, os jovens e adolescentes relatam a identificação com a personagem principal do seriado.

Nos dez primeiros dias de abril, o Centro recebeu uma média de 300 e-mails diários e de 6.770 visitantes por dia no site, com pico de 9.269 visitantes únicos. Antes da estreia dos 13 episódios no serviço de streaming contando o drama de Hannah Baker, o CVV costumava receber 55 e-mails diariamente e ter uma média de 2,5 mil pessoas navegando na página.

A organização funciona 24 horas com atendimento psicológico via chat, e-mail, telefone (141) e até skype.