Atriz relata ter sido assediada por Steven Seagal em teste para filme

(Imagem: divulgação Millenium)

No momento em que várias mulheres se sentem confortáveis para contar casos de assédio sexual que vinham guardando como segredo, mais uma história veio à tona. Desta vez os envolvidos são a atriz australiana Portia De Rossi e o astro de ação Steven Seagal.

Portia relatou o caso com um post no Twitter: “Meu último teste para um filme de Steven Seagal aconteceu em seu escritório. Ele me falou o quão importante era ter química fora da tela, enquanto me sentava e desabotoava sua calça de couro. Eu corri e liguei para a minha agente. Sem se espantar, ela respondeu: ‘Bom, eu não sabia se ele era seu tipo'”.

A reação da agente mostra como este comportamento era visto como normal até então em Hollywood. A partir das múltiplas denúncias contra Harvey Weinstein e o debate iniciado a partir disso, a expectativa é que haja mudanças e consequências para os assediadores.

Portia De Rossi é casada desde 2008 com a apresentadora de TV Ellen Degeneres, que se disse orgulhosa pela coragem da parceira de expôr o caso. Steven Seagal não se pronunciou sobre o assunto.