Atriz Nichelle Nichols, a Tenente Uhura de "Star Trek", morre aos 89 anos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Atriz Nichelle Nichols posa para foto no laboratório de propulsão da Nasa, em Pasadena, nos Estados Unidos
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Will Dunham

(Reuters) - A atriz Nichelle Nichols, cujas interpretações da oficial de comunicações, Tenente Uhura, na série de TV de ficção científica dos anos 1960 "Star Trek", e em filmes subsequentes quebraram barreiras de raça e ajudaram a redefinir os papéis dos atores negros, morreu aos 89 anos de idade, disse sua família no domingo.

Nichols, cujos fãs incluíam Martin Luther King Jr. e um jovem Barack Obama, "sucumbiu a causas naturais e faleceu" na noite de sábado, seu filho, Kyle Johnson, escreveu no Facebook.

"Sua luz, entretanto, como as antigas galáxias que agora são vistas pela primeira vez, permanecerá para nós e para as gerações futuras para desfrutar, aprender e atrair inspiração", escreveu Johnson.

A série, que se tornou um fenômeno da cultura pop, estilhaçou estereótipos comuns na televisão dos Estados Unidos na época, ao lançar atores negros e de minorias em papéis de alto nível no programa.

Em 1968, ela e a estrela de "Star Trek" William Shatner quebraram uma barreira cultural quando protagonizaram o primeiro beijo inter-racial da televisão norte-americana.

Ela havia planejado deixar "Star Trek" após uma temporada, mas King, o líder dos direitos civis dos anos 1960, convenceu-a a ficar porque era revolucionário ter uma mulher negra interpretando um importante membro da tripulação de uma espaçonave em uma época em que os negros lutavam pela igualdade na sociedade norte-americana.

Nichols também ajudou a quebrar barreiras raciais na NASA, cujos líderes eram fãs do "Star Trek". Depois que ela criticou a agência espacial por não ter escolhido mulheres qualificadas e membrios de minorias como astronautas, a agência a contratou nos anos 1970 para ajudar no recrutamento.

Seus esforços ajudaram a atrair, entre outros, a primeira mulher astronauta norte-americana, Sally Ride; a primeira astronauta negra, Mae Jemison; e o primeiro chefe negro da NASA, Charlie Bolden.

Nichols "simbolizou para tantos o que era possível" e "inspirou gerações a alcançar as estrelas", disse a NASA no Twitter.

A interpretação de Nichols da competente e equilibrada Uhura também ajudou a inspirar futuros atores negros, incluindo a vencedora do Oscar Whoopi Goldberg. Nichols lembrava que Goldberg lhe contou uma vez que estava assistindo "Star Trek" quando tinha 9 anos e, ao vê-la interpretando Uhura, gritou para sua mãe: "Venha rápido! Há uma senhora negra na televisão e ela não é nenhuma empregada!"

A série original "Star Trek", acompanhando as aventuras da tripulação da nave estelar USS Enterprise no Século 23, teve apenas três temporadas na emissora NBC, de 1966 a 1969, mas tornou-se extremamente popular em distribuição nos anos 1970, inspirando primeiro uma série animada que reuniu o elenco de 1973 a 1975 e depois uma sucessão de longas-metragens e programas.

Nichols apareceu em seis filmes "Star Trek" terminando com "Jornada nas Estrelas VI - A Terra Desconhecida", em 1991.

Uhura tratou habilmente das comunicações da nave estelar Enterprise com naves aliadas e raças alienígenas enquanto interagia com o Capitão James T. Kirk (Shatner), o primeiro oficial vulcano Sr. Spock (Leonard Nimoy) e o timoneiro da nave estelar, Sulu (George Takei).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos