Atriz italiana Gina Lollobrigida morre aos 95 anos

A atriz italiana Gina Lollobrigida, diva do cinema de meados do século XX, morreu nesta segunda-feira(16), aos 95 anos – anunciou o ministro da Cultura de seu país, Gennaro Sangiuliano, no Twitter.

A intérprete de "Pão, amor e fantasia" (1952), que ficou famosa por sua beleza e participou de mais de 60 filmes, passou por uma cirurgia em setembro passado, após fraturar o fêmur em uma queda em casa.

"Adeus à diva das grandes telas, protagonista de mais de meio século de história do cinema italiano. Seu encanto permanecerá eterno. Adeus Lollo", tuitou o ministro Sangiuliano.

Lollobrigida nasceu em 4 de julho de 1927 na comuna Subiaco, pequeno povoado no coração dos Abruzos, em uma família modesta. Passou quase toda sua infância em Roma, onde estudou Belas Artes e encantou com sua beleza.

A artista entrou nos estúdios de cinema Cinecittà, em Roma, para pequenos trabalhos e foi descoberta pelo produtor americano e milionário Howard Hughes.

Após uma breve estadia em Hollywood, iniciou sua carreira ao voltar para Itália, onde se consagrou como uma das atrizes mais reconhecidas do Velho Continente.

Entre as décadas de 1950 e 1960, atuou com atores e diretores como Frank Sinatra, Sean Connery, Marcello Mastroianni e Humphrey Bogart.

Em 1980, "Lollo", como era chamada, voltou a se dedicar inteiramente às suas primeiras paixões no mundo da arte: a fotografia e a escultura.

bur-kv/mar/tt