Atriz diz que perdeu nove filhos em abortos espontâneos

Para prestar solidariedade a uma amiga, Sharon Stone, 64, compartilhou uma dolorosa experiência no Instagram. Ela contou que sofreu abortos espontâneos em série, num relato publicado em apoio à dançarina Peta Murgatroyd, de "Dancing with the Stars". No Instagram da revista People, Peta falou sobre a interrupção involuntária de uma gravidez enquanto seu marido estava na Ucrânia.

Sharon não largou a mão da dançarina e, em apoio a ela, escreveu um texto que se inicia com uma constatação: "Nós, como mulheres, não temos um fórum para discutir a profundidade dessa perda", postou, para em seguida declarar: "Perdi nove filhos por aborto espontâneo".

Ela continua sua mensagem afirmando que as mulheres são levadas a pensar que perder um bebê é motivo de vergonha. "Não é uma coisa pequena, física ou emocionalmente, mas somos levadas a sentir que é algo para suportar sozinha e secretamente, com algum tipo de sentimento de fracasso. Isso em vez de receber a tão necessária compaixão, empatia e cura de que tanto precisamos".

A atriz falou em outras ocasiões sobre suas perdas gestacionais, que ela atribui a uma doença autoimune e à endometriose. Stone optou pela adoção e é mãe de Roan, 22, Laird, 17, e Quinn, 16.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos