Atriz de 'Buffy' diz que Joss Whedon era proibido de ficar sozinho com Sarah Gellar

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Michelle Trachtenberg, 35, disse que existia uma regra no set de gravações de "Buffy, a Caça-Vampiros" (1997-2003) de que Joss Whedon, 56, não poderia ficar sozinho com a protagonista da série após um incidente não citado. Ela interpretou a personagem Dawn Summers enquanto ainda era adolescente, entre os anos de 2000 e 2003. A alegação veio após uma série de denúncias que o diretor e roteirista da série está recebendo, devido a suposto comportamento abusivo nos sets de gravação. Michelle Trachtenberg se pronunciou publicamente em uma publicação no Instagram, em que republicou o texto escrito pela protagonista da série Sarah Michelle Gellar. Na legenda, a atriz escreveu: "Obrigada Sarah Michelle Gellar por dizer isso. Sou corajosa o suficiente como uma mulher de 35 anos para repostar isso. Porque isto precisa ser falado. Como uma adolescente, o seu comportamento inapropropriado. Seu comportamento muito inapropriado. Então agora as pessoas sabem o que Joss fez". "O último comentário que eu farei sobre isso: havia uma regra no set dizendo que ele estava proibido de ficar em uma sala sozinho com Michelle novamente", finalizou a atriz. As acusações contra Whedon começaram após o ator Ray Fisher, que interpretou Ciborgue no filme "Liga da Justiça" (2021), se pronunciar sobre o comportamento do diretor nas filmagens do longa da DC. Segundo Fisher, "o tratamento que Joss Whedon deu ao elenco e à equipe no set de Liga da Justiça foi nojento, abusivo, antiprofissional e completamente inaceitável". Algum tempo depois, o diretor Kevin Smith afirmou que ouviu relatos que dariam força a fala de Fisher. Além disso, dublês de "Buffy, a Caça-Vampiros" acusaram o criador de ser egomaníaco. Até o momento da publicação deste texto, Whedon ainda não se pronunciou sobre o assunto.