Ator de 'Todas as Flores' termina casamento e alega não ter tempo de se ver no espelho

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 25.07.2019 - O ator Luis Navarro durante a pré-estreia da primeira temporada de
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 25.07.2019 - O ator Luis Navarro durante a pré-estreia da primeira temporada de

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Conhecido por interpretar o personagem Mark de "Todas as Flores", o ator Luis Navarro anunciou que seu casamento com a bailarina Ivi Pizzott chegou ao fim. Ele deixa duas filhas, uma de quatro anos e outra de quatro meses.

Porém, em postagem já apagada por ele, contou sobre os motivos que o teriam levado a essa decisão. Dentre eles o fato de não conseguir mais cuidar de si mesmo. "Ser pai, marido, artista e ser um dos alicerces de uma família preta não é para poucos, meu espírito sucumbiu, enfraqueceu, e peço perdão para todas as pessoas que desapontei. Talvez seja um erro essa decisão, mas estou sendo verdadeiro", disse.

"Não lembro a última vez que fiquei sozinho para refletir, que li um livro ou que me olhei no espelho e me orgulhasse de mim. Preciso me reconectar comigo para poder voltar mais forte. Talvez seja tarde, mas tudo bem. Deus sabe de todas as coisas", emendou ele. O ator e a bailarina ficaram juntos por sete anos.

Depois da postagem, a repercussão não foi boa e muita gente criticou a paternidade de Navarro. "O filho, no final das contas, é da mãe. Não tenham filhos com alguém a não ser que o seu sonho seja ser mãe. Homens podem desistir da paternidade a todo momento", opinou o perfil de Nah Rivelli.

"Para vocês que estão chocados com a história de o Luis Navarro querer um tempo para poder 'encontrar sua essência', enquanto a esposa está com um bebê de quatro meses", criticou o perfil de Nanda da Silva Sauro.

Também pelas redes sociais, a mãe das meninas, Ivi, disse que ficou sem saída com a decisão do agora ex-marido. "Está difícil e eu não tive escolha. Daqui para frente, é saber como vou lidar com a situação e para isso conto com o carinho, respeito e orações de vocês", escreveu.