Ator pornô Ron Jeremy é considerado mentalmente incapaz para ser julgado por estupro

Ex-ator pornô Ron Jeremy em tribunal de Los Angeles

LOS ANGELES (Reuters) - O ator pornô Ron Jeremy foi declarado mentalmente incapaz para ser julgado em Los Angeles por estupro e outras acusações sexuais envolvendo 21 mulheres, disse um porta-voz da promotoria do condado de Los Angeles na terça-feira.

Jeremy, de 69 anos, se declarou inocente em agosto de 2021 de mais de 30 acusações de agressão sexual, incluindo 12 de estupro ao longo de um período de 23 anos. Ele está preso desde junho de 2020.

O juiz da Corte Superior de Los Angeles Ronald S. Harris disse em uma audiência que determinou, com base em relatos dos promotores e da defesa de Jeremy, que o ator sofre de "declínio neurocognitivo incurável", segundo a Associated Press.

O advogado Stuart Goldfarb, que representa Jeremy, afirmou ao tribunal em março de 2022 que seu cliente não conseguiu reconhecê-lo quando o visitou em uma cela antes de uma audiência no tribunal.

Goldfarb não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários da Reuters na terça-feira.

Uma audiência sobre a internação ou não de Jeremy em um hospital será realizada em 7 de fevereiro, disse o escritório da promotoria.

Jeremy estava entre os maiores nomes da indústria de filmes adultos, aparecendo em mais de 2.000 filmes a partir da década de 1970.

(Reportagem de Lisa Richwine e Mrinmay Dey em Bengaluru)