Ator Kevin Spacey enfrenta mais acusações de agressão sexual no Reino Unido

Kevin Spacey em Nova York

LONDRES (Reuters) - O Crown Prosecution Service (CPS) do Reino Unido anunciou nesta quarta-feira que autorizou sete acusações adicionais contra o ator vencedor do Oscar Kevin Spacey por uma série de agressões sexuais contra um homem entre 2001 e 2004.

As novas acusações do CPS incluem uma de levar uma pessoa a se envolver em atividade sexual sem consentimento e outras de agressão indecente e sexual. As novas acusações seguem uma revisão das evidências coletadas pela polícia britânica.

Spacey, de 63 anos, foi anteriormente acusado de cinco crimes no Reino Unido - quatro acusações de agressão sexual por toque e uma acusação de levar uma pessoa a se envolver em atividade sexual com penetração sem consentimento.

Seu advogado havia dito em junho que Spacey negava "fortemente" essas alegações de crimes sexuais.

O advogado de defesa de Spacey no Reino Unido, Patrick Gibbs, não respondeu imediatamente a um e-mail pedindo comentários sobre as acusações recentes.

Nos Estados Unidos, Spacey derrubou no mês passado um caso de abuso sexual contra ele depois que os jurados em um julgamento civil em Manhattan concluíram que seu acusador não provou a alegação de que Spacey fez uma investida sexual indesejada quando ele tinha 14 anos.

(Reportagem de Farouq Suleiman e Sachin Ravikumar)