Ator Ezra Miller, astro de 'The Flash', é preso por agressão no Havaí

·2 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Ezra Miller, 29, que interpreta o herói Flash nos filmes da DC, foi preso nesta terça-feira (19) por agressão de segundo grau após um incidente que deixou uma mulher ferida em uma casa particular, em Pahoa, no Havaí, segundo o site Havaii News Now. Esta é a segunda vez que o ator é preso na região em menos de um mês na região.

A polícia do Havaí disse que Miller ficou irritado após ser convidado a deixar a casa e jogou uma cadeira que atingiu uma mulher de 26 anos, que teve um corte na testa. O incidente aconteceu horas antes dele comparecer ao tribunal para responder às acusações de sua prisão anterior.

Segundo a polícia, a prisão do ator aconteceu em uma parada de trânsito no cruzamento com uma rodovia, mas o astro já foi liberado e aguarda a investigação do caso.

Em março deste ano, Miller foi preso por má conduta após um incidente em um bar em Hilo, no Havaí. Segundo um comunicado publicado no site do Departamento de Polícia do Havaí, o ator foi preso pela polícia local acusado de assédio.

"Pouco depois da meia-noite de segunda-feira, 28 de março de 2022, um homem de 29 anos que vinha de Vermont foi preso e acusado de conduta desordeira e assédio após um incidente em um bar em Hilo", diz o comunicado, com uma foto do ator.

"Os patrulheiros de South Hilo atenderam a uma denúncia de desordem em um bar na Rua Silva. Durante a investigação, a polícia determinou que o homem, mais tarde identificado como Ezra Miller, ficou agitado enquanto os clientes do bar começaram a cantar no karaokê. Miller começou a gritar obscenidades e, a certa altura, pegou o microfone de uma mulher de 23 anos cantando karaokê (contravenção de conduta desordenada) e depois atacou um homem de 32 anos jogando dardos (contravenção de assédio). O dono do bar pediu a Miller para se acalmar várias vezes, sem sucesso".

Ainda segundo a nota oficial, Miller foi preso pela acusação a ambos os crimes. A fiança total foi fixada em US$ 500 (cerca de R$ 2.400), a qual ele pagou e, logo em seguida, foi liberado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos