Ator de 'Star Wars' reforça carga gay da franquia: "Difícil ver meu homem beijando outra"

Casal? Finn (John Boyega) e Poe (Oscar Isaac) em cena de ‘Star Wars: O Despertar da Força’. (Imagem: divulgação Disney)

Desde a estreia de ‘Star Wars: O Despertar da Força’, em 2015, boa parte do público viu insinuações de um romance homossexual entre dois novos personagens, Finn (John Boyega) e Poe (Oscar Isaac).

Quem esperava que isto fosse mais desenvolvido no episódio seguinte da franquia, ‘Os Últimos Jedi’, que estreou em dezembro de 2017, acabou levando um balde de água fria. Isto porque o filme introduz um novo interesse romântico para Finn, com a aparição de Rose (Kelly Marie Tran).

Isaac, ator que interpreta o destemido Poe, admitiu que seu personagem ficou com ciúme: “Olha, foi um pouco difícil ver meu homem beijar outra pessoa”, declarou esta semana, em um evento na Inglaterra. “Mas, sabe, você precisa abrir mão do controle… às vezes é preciso assistir algumas coisas que não quer.”

Apesar de desta vez decepcionar a comunidade LGBT, que gostaria de se ver representada na saga, o diretor Rian Johnson, responsável por uma futura trilogia da franquia, afirmou no ano passado que é importante manter a cabeça aberta para este tipo de demanda.

“Em ‘Os Últimos Jedi’ não houve oportunidade para isso, mas acredito que é algo que faria sentido. Há tantos outros elementos da sociedade contemporânea que está sendo refletidos cada vez mais nestes filmes, e eu acho que é importante”, disse ao site Mashable. “Eu acredito que significa muito para muita gente. Penso que é importante continuar fazendo isso e ir cada vez mais fundo”