Ator de "Pantanal" conta pavor ao contracenar com sucuri: "40kg dentro do barco"

Cauê fala sobre papel em
Cauê fala sobre papel em "Pantanal" (Reprodução Globo)

Cauê Campos, intérprete de Roberto em "Pantanal", participou do "Encontro" e falou sobre a morte de seu personagem que vai ao ar no capítulo desta quinta-feira (8) em "Pantanal".

O ator afirmou que sempre se considerou uma pessoa corajosa, mas que sentiu um calafrio ao ser obrigado a contracenar com uma sucuri. Na trama, Roberto morre afogado após a sucuri, na verdade o Velho do Rio, tentar atacar Solano (Rafa Sieg), que está em um barco ao lado do jovem.

"Do nada, no meio das gravações, falaram: 'a bonita tá chegando'. A gente achando que era uma lente, uma câmera. Eis que chega uma caixa e sai uma sucuri com 40kg. Eu e o Rafa tipo: 'eita, vai entrar aqui no barco'. Sempre falo pros meus amigos que eu sou corajoso, mas quando vi ela chegando, já mudei de ideia", riu ao relatar o episódio.

No programa, o ator também recebeu uma homenagem do irmão, Cadu Paschoal, que atuou em "Caminho das Índias". "Ele me dirigia mesmo muito pequenininho. Ele sempre foi muito talentoso, intuitivo. Ver o caminho que ele construiu foi lindo. E ver a maturidade no olhar, de defender o texto hoje em "Pantanal, é incrível. Ele faz um trabalho sem deslumbre, o Cauê está em um momento de vida muito bonito. Desejo bons encontros, boas parcerias, bons orixás".

Sucuri em cena de
Sucuri em cena de "Pantanal" (Reprodução Globo)

Fim de Roberto

A morte de Roberto vai mudar radicalmente o clima de "Pantanal" nos próximos episódios. Zuleica (Aline Borges) ficará arrasada e inconsolável por ter ido para o Pantanal, e Tenório (Murilo Benício) perderá o controle, decidido a comandar um extermínio ambiental no bioma.

Entenda

Roberto será morto por Solano (Rafa Sieg), mas o jagunço não assumirá a culpa do assassinato, jogando a responsabilidade na sucuri gigante. De luto, Tenório vai pedir que o funcionário mate todas as cobras da região na tentativa de encontrar o corpo do filho.

Zuleica ficará chocada ao encontrar Solano no galpão ao lado de várias sucuris com os corpos abertos. O jagunço tentará se explicar, mas a enfermeira cortará o assunto. "Não fique brava com o patrão, dona Zuleica. Ele está querendo encontrar o corpo do seu menino de tudo que é jeito", diz Solano. “Ele deveria ter se preocupado mais com o meu filho enquanto ele estava vivo", responderá Zuleica.

Rafa Sieg, intérprete de Solano, explicou que não era o plano do assassino acabar com a vida de Roberto. "Roberto ameaça o plano de Solano, com a quantidade de informações que junta. Ele acaba criando um problema para meu personagem, que mata o menino. Não está nos planos dele assassiná-lo, mas também não é uma questão para ele, que é um criminoso. Como ele está acostumado com mentiras, inventa uma história para Tenório, que o rapaz foi comido pela sucuri", explica o ator, que já viu um trecho da sequência em que Roberto morre: "Quando a gente fez, não me abalou. Mas, quando eu vi a cena pronta, achei muito emocionante. A morte dele é muito triste mesmo".