Atlético-MG demite Alexandre Mattos, que afirma: "saio sem mágoa"

Jorge Nicola
·2 minuto de leitura
Mattos ficou só dez meses no Galo e deixa o time em 2º no Brasileiro (Bruno Cantini/Atlético)
Mattos ficou só dez meses no Galo e deixa o time em 2º no Brasileiro (Bruno Cantini/Atlético)

Alexandre Mattos não é mais o diretor-executivo do Atlético-MG. Por meio de uma nota oficial, na manhã desta segunda-feira, o clube comunicou a demissão do dirigente a um ano do fim do contrato - a quebra do vínculo resultará no pagamento de uma multa rescisória pesada.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

No texto divulgado pelo Atlético, fica explícito que a decisão foi tomada pelo novo presidente, Sérgio Coelho, em acordo com os apoiadores do clube, Rubens Menin, Ricardo Guimarães, Renato Salvador e Rafael Menin.

Leia também:

“A mudança na diretoria de futebol converge para a nova política de gestão que vai permear o Galo nos próximos anos, com foco na austeridade administrativa, por meio das melhores práticas de governança; na reestruturação das categorias de base; na construção da Arena MRV; e na manutenção de um time profissional altamente competitivo”, explica outro trecho da nota.

Procurado pelo Blog, Mattos afirma ter recebido a notícia com serenidade. “Não tem mágoa, não tem rancor, não tem nada. Faz parte do processo natural do futebol”, analisa o executivo, que deixa o time no segundo lugar do Campeonato Brasileiro - o Galo tem 49 pontos, sete a menos do que o líder São Paulo.

A demissão de Mattos é só mais uma em meio à enorme reformulação pela qual o clube passará. Várias das pessoas de confiança de Sérgio Sette Câmara, presidente até este domingo, não permanecerão.

Mattos havia sido contratado como executivo do Galo em 12 de março e saiu com o título do Campeonato Mineiro. Em seu currículo, o dirigente é tetracampeão brasileiro (2013, 2014, 2016 e 2018) e campeão da Copa do Brasil (2015). Ele ainda foi vice-campeão nacional em 2017 e terceiro colocado em 2019.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos