Atlético deixou técnico português em espera até acerto com Rafael Dudamel

Rafael Dudamel em jogo da Venezuela contra o Brasil, na Copa América (Thiago Calil/AGIF)

Rafael Dudamel será o treinador do Atlético-MG em 2020. O venezuelano acertou todos os detalhes do contrato e o clube mineiro aguarda apenas a assinatura do contrato para confirmar o nome do seu novo comandante técnico. O que deve acontecer no começo de janeiro, quando Dudamel desembarcar em Belo Horizonte. Mas até fechar com o venezuelano, o Atlético manteve conversas e também esteve muito perto de acertar com outro treinador estrangeiro, o português Carlos Carvalhal.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Tão logo encerrada a tratativa com o argentino Jorge Sampaoli, a diretoria do Galo iniciou conversas com outros dois treinadores: Rafael Dudamel e Carlos Carvalhal. Para evitar o que aconteceu durante a negociação com Sampaoli, a sensação de muito tempo perdido já que não aconteceu o acordo, o Atlético manteve duas negociações paralelamente.

Leia também:

E certamente o que pesou na decisão da direção alvinegra não foi o salário pedido por cada um. Se o venezuelano Dudamel fechou por cerca de R$ 3 milhões anuais, como revelou o Uol Esporte, o português Carlos Carvalhal topou o desafio de comandar o Atlético com vencimentos superiores a pouco mais de R$ 1 milhão por temporada.

Com a porta do futebol brasileiro aberta para técnicos portugueses, depois do sucesso de Jorge Jesus no Flamengo, Carvalhal se mostrou bastante interessado na oferta atleticana. Tanto que rapidamente já tinha todos os detalhes definidos, ficando pendente apenas a confirmação por parte do comando do clube. No entanto, a resposta positiva não chegou. Pelo contrário. Na véspera do Natal, o Atlético comunicou a Carlos Carvalhal que ele não seria o treinador da equipe em 2020.

Mesmo custando aproximadamente três vezes mais, Rafael Dudamel foi o escolhido. A visão moderna do técnico venezuelano e o enorme conhecimento do futebol brasileiro causaram ótima impressão nos atleticanos e foram alguns dos fatores que pensaram a favor do técnico da seleção da Venezuela. Dudamel é aguardado em Belo Horizonte e no dia 3 de janeiro, para assinar contrato e, enfim, ser confirmado como o treinador do Galo para 2020.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter