Atlético agrada investidores ao buscar Jorge Sampaoli e Alexandre Mattos

Alexandre Mattos era um dos desejos dos investidores do Atlético, assim como o técnico Jorge Sampaoli (Divulgação Atlético)

Quase duas semanas depois de anunciar Jorge Sampaoli como técnico, o Atlético-MG confirmou que Alexandre Mattos será o diretor-executivo de futebol do clube. O dirigente com passagens por América-MG, Cruzeiro e Palmeiras assinou contrato nessa quinta-feira (12), após rejeitar o convite do Reading, da Inglaterra. As escolhas do presidente atleticano, Sérgio Sette Câmara, vão de encontro aos desejos dos investidores do Galo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Poucas horas depois das demissões de Rafael Dudamel e Rui Costa, treinador e diretor de futebol, respectivamente, os nomes de Jorge Sampaoli e Alexandre Mattos foram ligados ao Atlético, justamente pelo interesse dos investidores. A informação foi divulgada pelo Blog do PVC, do Globoesporte.com, e confirmada pelo Blog.

Leia também:

Com a escolha dos favoritos dos investidores o Atlético vai ter um aporte financeiro para montar um time que seja capaz disputar as primeiras colocações no Campeonato Brasileiro. Além de ter parte do salário do técnico Sampaoli financiada pelos parceiros, o clube mineiro também terá bastante suporte na busca por reforços. O principal investidor do Atlético nesta temporada é a construtora MRV, dos empresários Rubens Menin e Rafael Menin, ambos conselheiros do Galo.

Embora tenha assinado contrato somente nessa quinta, Alexandre Mattos já tem participado das negociações do Atlético desde a última semana. Um exemplo foi a presença na reunião com o agente Paulo Pitombeira, responsável por gerenciar as carreiras do zagueiro Lucas Veríssimo e do atacante Róger Guedes, dois jogadores que estão na lista de reforços de Sampaoli. O encontro aconteceu na véspera do clássico com o Cruzeiro, uma semana antes de Mattos assinar o contrato.

Notabilizado por montar elencos numerosos e caros, especialmente no Palmeiras, o novo diretor atleticano terá um bom orçamento à disposição. Não como nos tempos de Allianz Parque, mas o bastante para buscar pelo menos quatro bons nomes. A missão, neste primeiro momento, é para atender aos pedidos do treinador e colocar o Galo em condições de brigar pelas primeiras colocações no Brasileiro.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.