Astro de 'Star Trek' investiga mistério em 'Inexplicável' e revela medo da morte

·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A segunda temporada da série não ficcional "Inexplicável" chega ao Brasil neste sábado (22), no History Channel. Apresentada e produzida pelo vencedor de prêmios como Emmy e Globo de Ouro, William Shatner, 90, a série explora histórias surpreendentes e mistérios inexplicáveis da humanidade.

Agora, a temporada focará eventos mais enigmáticos, desde óvnis e profecias sombrias até grandes fugas e estruturas fascinantes construídas há milhares de anos, como a Stonehenge (monumento de pedra do Reino Unido), e casos sem respostas por trás de Atlântida, o continente perdido.

"Para mim tudo é inexplicável, não sabemos nada", diz Shatner em coletiva de imprensa virtual. Ele afirma que os grandes mistérios foram exatamente o que o atraíram na série. Ele conta que aprendeu muito ao longo dos episódios, "descobrimos outras Stonehenges", exemplifica.

Os episódios têm duração de uma hora e investigam profundamente os mistérios do planeta. Além da apresentação do astro da série "Star Trek" (1966) -que declarou sua admiração pelo português: "a língua falada mais bonita"-, a temporada terá análise dos eventos e cientistas de renome mundial.

O ator reforça que não tem um episódio favorito. "Você precisa ver todos, eles explicam mistérios sobre tudo." Ele conta que durante a série aprendeu que não sabe de nada. "Eu pensava saber de algo, sou um homem mais velho, leio muito e converso com muitas pessoas. Mas percebi que não sei de nada."

Para ele, o mais interessante do programa é que ele desperta a "vontade de descobrir algo a mais". "Estamos rodeados de mistérios. Porque minha esposa me ama? Eu não sei", brinca. O ator diz que o maior mistério da temporada para ele "é a mente humana. Nosso cérebro, como isso aconteceu?"

Shatner afirma que o mais interessante foi tentar entender como funciona o vodu. Ele também diz que durante sua vida sempre se conectou com a natureza e animais, e comenta: "todas as pequenas formas de natureza se comunicam, estamos todos unidos e isso realmente é inexplicável."

E por falar em mistérios e coisas inexplicáveis, o ator foi questionado sobre o que lhe dá medo, ao que respondeu a morte. "Gostaria de ver espíritos e fantasmas, passei minha vida inteira procurando fantasmas, por que as pessoas que eu amo que morreram não voltam para me visitar?".

O artista conta que já está nas gravações da terceira temporada da série, "temos um grande número de programas, de horas a serem filmadas", completa. Além disso, ele conta que tem outros projetos pessoais em desenvolvimento.

Durante a pandemia, ele diz que se dedicou a praticar a corrida de cavalos. "Estou muito melhor do que antes da pandemia", explica. Além disso, ele conta que está produzindo um talk show intitulado "I Don't Understand" ("Eu Não Entendo", em português).

No programa, Shatner vai perguntar tudo o que ele não sabe, como o nome sugere, ou o que ele é curioso para saber. Por fim, o ator revela que está trabalhando em um álbum musical chamado "Love, Death and Horses".

"Durante a pandemia conversei com um amigo meu, que é um poeta e músico incrível, e nós fizemos um álbum baseado em experiências minhas", conta. "Temos um álbum maravilhoso chegando neste verão."

Sobre o período da pandemia, o ator disse que "fui mais dentro de mim mesmo e vi o que é mais importante". Para ele, é possível ver uma "luz no fim do túnel", mas temos que estar preparados para outras pandemias acontecerem. Ele também falou que é importante que se debata problemas como o aquecimento global.

Ele ainda deixou um conselho para o seu eu do passado: "Vá e se aventure, porque a vida acaba tão rápido. Não tem nada inexplicável em como a vida é rápida", diz, "faça essa jornada cheia de cores e aventuras, o máximo que você puder. E não deixe um homem velho te dizer que fazer."

A série é produzida pela Prometheus Entertainment em conjunto com William Shatner para o History. O ator é produtor executivo em conjunto com Kevin Burns. A produtora executiva do canal é Susan Leventhal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos