Astro de 'Lion', fala sobre síndrome do impostor: 'Não me senti digno'

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Dev Patel, 31, que já estrelou sucessos como "Quem Quer Ser Um Milionário?" (2008) e "Lion: Uma Jornada para Casa" (2016) contou que já frustrou seus agentes por ter se recusado a fazer filmes que se tornaram grandes sucessos de bilheteria. O ator admitiu ainda ter episódios ocasionais da chamada síndrome do impostor.

O artista britânico acrescentou que não se achava merecedor das indicações ao Globo de Ouro e ao Oscar que recebeu por sua atuação em "Lion: Uma Jornada para Casa". "Não me senti digno. Isso meio que fala sobre minha baixa autoestima natural: você está lá com criaturas realmente impressionantes, o melhor dos melhores, e você fica: 'Eu não sei o que tenho a oferecer neste espaço'", disse Patel ao The New York Times.

Protagonista do filme de fantasia medieval "The Green Knight", que estreou na última semana nos Estados Unidos, o ator comentou também sobre "um dos piores filmes' que já fez. "Eu nem deveria tocar no assunto, mas faça uma busca rápida no IMDb e você saberá qual é", sugeriu, sem citar o nome do longa.

A publicação deduziu se tratar de "O Último Mestre do Ar" (2010), filme que ganhou cinco "prêmios" Framboesa de Ouro, dados aos piores do ano na indústria cinematográfica. O ator finalizou, falando sobre a admiração que tem por atores que conseguem atuar em filmes com muitos efeitos especiais.

"Eu realmente não prosperei nesse campo", explicou. "Tiro meu chapéu para todos aqueles atores incríveis que fazem filmes da Marvel com tela verde, bolas de tênis e outros enfeites", concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos