Astro de "Pânico" achou que o filme era uma cinebiografia

·1 min de leitura
Imagem de
Imagem de "Pânico". Foto: Divulgação/Dimension Films

Resumo da notícia:

  • Skeet Ulrich, intérprete de Ghostface, acreditava que "Pânico" era uma cinebiografia

  • O ator não entendeu que a produção era uma trama de humor

  • Ele foi perceber que estava errado apenas na primeira cena ao lado do elenco

A estrela principal de "Pânico", de 1996, acreditava que o filme era uma cinebiografia. Em entrevista ao Indiwire, Skeet Ulrich, intérprete do monstro Ghostface, relembrou bastidores da produção 25 anos depois do lançamento. 

O ator contou que não entendeu que a trama era envolvida por humor e se preparou para viver um personagem sério no filme antes de tomar conhecimento da verdade.

Leia também:

"Acho que parte da culpa disso foi a mente do [personagem] Billy e entrar nessa mente. Encarei o filme como um desses documentários muito sérios. Estava pesquisando serial killers e a psicologia por trás deles, então eu não virei a chave no humor da história até o primeiro dia [de gravação]", relatou.

Apenas depois da primeira cena ao lado do elenco que Ulrich percebeu o propósito do longa. "Eu me lembro de pensar: 'O que eles estão fazendo? Eles não sabem? Isso não é engraçado'. Mas eu estava tão errado, cara", declarou.

Vale lembrar que "Pânico" foi um longa de terror escrito por Kevin Williamson e dirigido por Wes Craven com toques de humor que caracterizaram a franquia.

Na trama, uma estudante do ensino médio da cidade fictícia de Woodsboro, na Califórnia, EUA, se torna o alvo de um assassino misterioso conhecido como Ghostface - o personagem vivido por Skeet Ulrich.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos