Astro de "Coringa", Joaquin Phoenix mira apatia climática em filme sobre Terra agonizante

Por Matthew Green
.

Por Matthew Green

LONDRES (Reuters) - Favorito ao Oscar, o ator Joaquin Phoenix interpreta um médico que luta para salvar um planeta Terra agonizante em um filme lançado nesta quinta-feira, o primeiro de uma série de produções curtas de Hollywood que almejam provocar ações de combate à mudança climática.

O astro de "Coringa" se uniu ao grupo ambientalista Rebelião contra a Extinção e à Amazon Watch, uma organização sediada na Califórnia que faz campanha para proteger a floresta amazônica, para produzir o filme de dois minutos "Guardians of Life", disponível em http://www.mobilize.earth

Gravado em um pronto-socorro de Los Angeles, o filme mostra médicos tentando salvar um paciente não identificado cuja ausência de sinais vitais representa a ameaça da mudança climática, do desmatamento e dos incêndios florestais que vão da Austrália à Amazônia.

"Realmente é um pedido de ação", disse Phoenix, um dos astros mais proeminentes de Hollywood a chamar atenção para o dano catastrófico sendo causado pelo aquecimento global induzido pelo ser humano.

"As pessoas não percebem que ainda há tempo, mas somente se reagirmos agora e fizermos mudanças abrangentes em nosso consumo. Não podemos esperar que os governo resolvam estes problemas por nós."

Fundado no Reino Unido, o Rebelião contra a Extinção promove seu ativismo climático por meio da desobediência civil, e o próprio Phoenix foi preso em um protesto contra a mudança climática organizado pela colega Jane Fonda em Washington no mês passado alguns dias depois de ganhar o Globo de Ouro como protagonista de "Coringa".