Assassino de Roberto em "Pantanal", Rafa Sieg fala de cobra gigante: "Pavor no set"

Solano em
Solano em "Pantanal" (Divulgação Globo)

Rafael Sieg, que interpreta o matador Solano em "Pantanal", já gravou a cena na qual o personagem assassina Roberto (Caue Campos). Solano foi contratado para executar Bruaca (Isabel Teixeira), Alcides (Juliano Cazarré) e a família de José Leôncio (Marcos Palmeira), mas acabará tendo um desentendimento com Roberto que acabará na morte do filho de Tenório.

Entenda

Enquanto os dois discutiam em um barco, o Velho do Rio (Osmar Prado), pressentindo perigo, irá se transformar em uma sucuri gigante para matar Solano. O plano acaba dando errado, e quem morre afogado é Roberto.

Nas gravações, a equipe de "Pantanal" utilizou uma cobra de 40 quilos, o que assustou os atores que gravaram a cena. "Eu tenho pavor de cobra. Mas quando ela vai entrando no tanque em que gravamos, não chega nem perto e senti algo mágico: a forma como ela era tão bem tratada pela equipe, bem respeitosos, senti uma forte conexão com a natureza. Até passou o medo", explicou Rafa para o "Gshow".

O ator também falou sobre as dificuldades de gravar uma cena inteira dentro de um rio. "É super difícil sair de dentro da água para dentro do barco, mas nossa, nessa hora até bateu um instinto de sobrevivência mesmo".

Morte de Roberto

Roberto (Cauê Campos) não terá mais tempo para investigar as atividades ilegais do pai em "Pantanal". O jovem terá uma morte trágica na trama durante um confronto com Solano (Rafa Sieg), matador contratado por Tenório (Murilo Benício).

Cauê Campos decidiu aumentar a dramaticidade de sua atuação e só leu o texto da morte de Roberto no dia da gravação. Ele e Rafa Sieg passaram cinco horas gravando a cena no Rio de Janeiro, em um lago com mais de 20 metros de profundidade.

"Tem muito sangue frio do Solano, e acho que muita gente vai sentir raiva dele. Aproveitamos para gravar até a última luz do dia, incluindo com um plano aberto, que deixou tudo ainda mais emocionante", explicou Cauê para o "Gshow".

Na novela original de 1990, Roberto morria após ser atacado por uma sucuri gigante. Na versão atual, a sucuri aparece no momento do afogamento.