Ashton Kutcher e Mila Kunis mostram mansão sustentável

·1 minuto de leitura

Resumo da notícia:

  • Ashton Kutcher e Mila Kunis abriram as portas de sua propriedade nos Estados Unidos.

  • O casal e os filhos vivem em uma fazendo sustentável em Los Angeles.

  • Os atores conversaram com a revista Architectural Digest.

Ashton Kutcher e Mila Kunis abriram as portas de sua mansão em Los Angeles para a Architectural Digest. A fazenda sustentável do casal de atores tem mais de 24 mil m², cerca de três campos de futebol.

Leia também:

A casa principal, é totalmente alimentada por energia solar, e está conectada a uma pousada para entretenimento e a uma área externa com churrasqueira independente. Os dois queriam que a estética da casa lembrasse os antigos celeiros, contudo, sem perder a modernidade. O projeto foi entregue pelo arquiteto Howard Backen, da empresa AD100 Backen & Gillian Architects.

Conforme disse o ator, eles realmente queriam que a mansão remetesse a um antigo celeiro, e assim, o lugar parecia “que já existia havia décadas e que depois foi transformado em um lar. Mas que também fosse moderno e relevante”. Mila completou dizendo que construir uma casa do zero foi bem difícil, mas que o resultado final valeu a pena totalmente. “Queríamos um lar, não uma propriedade”, afirmou a atriz.

Para concretizar a ideia do casal de morar em um celeiro, a mansão segue um estilo mais campestre, mas, ao mesmo tempo, com um ar moderno, exatamente como eles pediram. “Construir uma casa do zero não é pouca coisa. Isso nos ajudaria ou nos destruiria. Quando olhamos para os achados um do outro, 90% das imagens que selecionamos eram as mesmas, e a maioria das casas que salvamos foi projetada por Howard”, lembrou Kunis.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos