As polêmicas que levaram Ezra Miller ao fundo do poço de Hollywood

Ezra Miller na Tokyo Comic Con, em 2018
Ezra Miller na Tokyo Comic Con, em 2018. Foto: Alessandro Di Ciommo/NurPhoto via Getty Images

Resumo da notícia:

  • Astro das telonas, Ezra Miller tem virado alvo de diversas polêmicas nos últimos tempos

  • O ator de 29 anos se envolveu em casos de violência, roubo e prisão por seu comportamento agressivo

  • A repercussão negativa de seus atos acabou rendendo o congelamento de seus projetos com a DC

Conhecido primeiramente por "As Vantagens de Ser Invisível", de 2012, Ezra Miller tem chamado a atenção do público de forma negativa por ser alvo de diversas polêmicas nos últimos tempos. Astro de “Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore” e "The Flash", ele chegou a ter seus projetos com a DC congelados por tempo indeterminado por conta da repercussão de seu comportamento agressivo nos bastidores do set e na vida pessoal.

No entanto, a Warner Bros. não pretende substitui-lo em aparições do Flash nos próximos filmes. Dirigido por Andy Muschietti, "The Flash" tem estreia prevista para 23 de junho. Mas o que aconteceu para chegarmos ao nome de Miller como foco de polêmicas? Saiba tudo o que envolveu o ator de 29 anos:

Briga com fã

Das recentes polêmicas envolvidas por Ezra Miller, a primeira grande notícia aconteceu em 2020, quando o ator entrou em uma briga com uma fã em bar na cidade de Reykjavik, Islândia. Patrono de um bar famoso no local, ele foi visto enforcando uma fã e arremessando seu corpo ao chão.

Testemunhas locais alegaram que a reação se deu após um grupo de fãs tentarem interagir com o ator, que não gostou da aproximação ao partir para a agressão. O momento foi registrado nas redes sociais. Confira:

Preso no Havaí

Ezra Miller foi preso por duas vezes no Havaí em menos de um mês. Em março, Miller foi levado pela polícia após arranjar confusão em um bar do Havaí. O ator tomou o microfone de uma jovem e, então, atacou um homem que jogava dardos. Segundo fontes, ele se irritou quando ouviu pessoas escolherem a música "Shallow", de Lady Gaga com Bradley Cooper, no karaokê.

A segunda prisão aconteceu no dia 19 de abril. De acordo com a polícia local, Miller jogou uma cadeira em uma festa e acertou a testa de uma mulher. Segundo a revista Variety, ele foi liberado, mas será alvo de investigação, a décima desde 7 de março na região. Clique aqui para saber mais.

Ameaça e roubo em hostel

Dois moradores do Havaí entraram com um pedido de ordem de proteção contra Ezra Miller para que ele não pudesse se aproximar deles. De acordo com a Associated Press, as vítimas foram intimidadas e ameaçadas pelo ator enquanto estavam hospedadas em um hostel local, gritando ameaças e cometendo outros delitos ao invadir o quarto do casal.

“Ele entrou no quarto dos peticionários e os ameaçou, dizendo ‘Eu irei você e a vagabunda da sua esposa'”, diz o documento do processo, que também inclui acusações de roubo de itens pessoais das vítimas, como uma carteira e um passaporte.

Roubo da música de rapper

Em meio a duas prisões no Havaí, Ezra Miller foi acusado de lançar faixa sem autorização. De acordo com a Rolling Stone EUA, o produtor Oliver Ignatius e o rapper Ghais Guevara declararam que o artista roubou música ao publicá-la sem os devidos créditos.

Os músicos ainda relataram um comportamento agressivo do ator após não gostar do trabalho apresentado por Ignatius, que seria uma parceria antes das polêmicas do ator. Ele lançou uma versão não-finalizada da colaboração na internet sem mencionar os artistas.

"O que Ezra fez foi um ato extremamente antiético e doloroso. Ele roubou de artistas com menos recursos, mas que talvez tenham uma arte que Ezra queira. É pessoa que achei ser uma alma muito mais gentil do que quem vemos agora. Foi uma jornada muito preocupante," afirmou Oliver ao portal. Clique aqui para saber mais.

Oferta de drogas e álcool para adolescente de 14 anos

Ezra Miller teria oferecido álcool e drogas, como maconha e LSD, para uma garota de apenas 14 anos. De acordo com o TMZ, os pais de Tokata Iron Eyes, que atualmente tem 18 anos, pediram ordem de proteção contra o ator e uma audiência está marcada para o próximo mês.

Documentos obtidos pelo portal apontam que Tokata conheceu Miller em 2016, quando ele tinha 23 anos e ela apenas 13. Ele estava visitando a Reserva de Standing Rock, em Dakota do Norte, nos Estados Unidos.

Os dois teriam desenvolvido uma amizade e o astro das telas teria levado a garota para Londres, em 2017, para visitar os estúdios onde "Animais Fantásticos e Onde Habitam" foi gravado. Isso porque ele estrelou a produção e ela era muito fã da trama.

Segundo os pais de Tokata, Ezra teria fornecido as substâncias químicas para a menina quando ela ainda era menor de idade e ela teria desistido dos estudos em meados de 2021 por causa do ator. "Ezra usa violência, intimidação, ameaça de violência, medo, paranóia, delírios e drogas para dominar uma jovem adolescente como ela", dizem os pais nos documentos. Clique aqui para saber mais.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo: