Pó de colágeno: é seguro entrar na mais nova onda de skincare?

Beber pó de colágeno realmente tem algum efeito? (Foto: Getty Images)

Faça uma rolagem rápida pelo feed do Instagram, e você verá uma série de personalidades de bem-estar e estilo de vida fitness divulgando os benefícios do pó de peptídeo de colágeno e adicionando-o aos seus shakes matinais.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Então, o que exatamente é o colágeno e por que algumas pessoas clamam por ele?"O colágeno é uma proteína estrutural composta de aminoácidos, encontrada naturalmente no tecido conjuntivo do nosso corpo, como a pele, cabelo, músculos, ossos e até mesmo vasos sanguíneos", Keri Gans, nutricionista registrada e autora de The Small Change Diet (A Dieta das Pequenas Mudanças), diz ao Yahoo Vida & Estilo.

Leia também

"É essencialmente a 'cola' que mantém nosso corpo junto, nos permite mover e ter estabilidade”, acrescenta Joshua Zeichner, doutor, diretor do departamento de cosméticos e pesquisa clínica de dermatologia do Hospital Monte Sinai, "O colágeno é a principal proteína da nossa pele que fornece estrutura e suporte."

E é essa estrutura e suporte que desempenha um papel em manter a pele suave, firme e sem rugas. Mas a produção de colágeno diminui à medida que envelhecemos, razão pela qual muitas pessoas estão se voltando para o consumo de peptídeos de colágeno (também conhecido como colágeno hidrolisado) na esperança de que os suplementos revertam ou, pelo menos, evitem o envelhecimento da pele.

"A esperança para o colágeno ingerível é que ele ajude a fortalecer nossa pele para melhorar a aparência de linhas finas e rugas, bem como melhorar a textura da pele", disse Zeichner ao Yahoo Vida & Estilo.

Mas o consumo de pó de colágeno realmente tem algum efeito? Possivelmente.

"O verdadeiro benefício do colágeno ingerível não é bem claro", disse ele. “Como o colágeno é uma molécula grande, ele é decomposto por nosso intestino em pedaços menores. As peças menores e aminoácidos individuais podem servir como blocos de construção para a nova produção de colágeno. Vejo o colágeno ingerível como uma refeição rica em proteínas.”

Acrescenta Gans: “Muitas pessoas acreditam nas inúmeras alegações de saúde relacionadas ao colágeno. Há alegações de que ele pode reduzir a constipação, melhorar a saúde intestinal e o sono, diminuir a ansiedade, reduzir a dor nas articulações, eliminar os desejos alimentares e possuir propriedades antienvelhecimento”.

Quais são os benefícios?

Embora mais pesquisas sejam necessárias, existem alguns estudos que examinaram os benefícios potenciais dos suplementos de colágeno - particularmente para aliviar a dor nas articulações. "Algumas pesquisas preliminares sugerem que os suplementos de colágeno podem ajudar a reduzir a dor no joelho para pessoas com osteoartrite e que ajuda a reduzir a deterioração das articulações em atletas", dise Gans.

Embora não seja fonte de juventude, há boas notícias para pessoas que consomem colágeno na esperança de melhorar a pele e o cabelo. "Um pequeno estudo revelou que suplementos de colágeno melhoraram a elasticidade da pele, mas não é mais do que um placebo no que se refere a melhorar a umidade da pele e evaporação", disse Gans. Uma revisão de 2019 de vários estudos mostrou que os suplementos de colágeno aumentam a elasticidade e a hidratação da pele.

Também pode ajudar com unhas quebradiças e frágeis. Um pequeno estudo de 2017 no Journal of Cosmetic Dermatology (Jornal de Dermatologia Cosmética) descobriu que consumir peptídeos de colágeno diariamente por 24 semanas ajudou a prevenir a quebra da unha, aumentar o crescimento e melhorar a aparência das unhas quebradiças.

Quão seguro é?

Suplementos de colágeno são considerados seguros na maior parte do tempo - como Zeichner disse: "O único dano é para o seu bolso, já que muitos pós de colágeno são caros". No entanto, é importante ler a fonte do ingrediente principal do suplemento. O colágeno encontrado nos suplementos é tipicamente proveniente de couro de vaca (bovino), bem como de cartilagem de frango, mas em alguns casos eles podem ser feitos de peixe ou ovos, o que pode ser perigoso para pessoas com alergias alimentares.

"Como deve ser com qualquer suplemento, deve-se ler atentamente o rótulo para garantir que ele não inclua nenhum alérgeno ao qual você seja sensível", sugere Gans. "Além disso, no caso de qualquer medicação, a pessoa deve discutir sobre isso com o seu médico ou nutricionista antes de implementá-lo em sua dieta diária."

Se você estiver interessado em experimentar o pó de peptídeos de colágeno, a melhor aposta é escolher uma marca bem conhecida, como Vital Proteins. Como Gans ressalta: “Assim como todos os suplementos, o colágeno não é regulado pela ANVISA - portanto, deve-se escolher marcas reconhecidas nacionalmente ou procurar por marcas de um varejista em quem você confie. Os consumidores também devem procurar um selo de um certificador terceirizado. “Você também pode começar com um pó de peptídeo de colágeno sem sabor, adicionando-o às bebidas, quentes e frias como café, sem alterar o sabor.”

Rachel Grumman Bender