Artista inaugura ‘buquê de tulipas’ gigante homenageando vítimas do Bataclan em Paris

Agência


O artista norte-americano Jeff Koons apresentou em Paris nesta sexta-feira, 4, sua escultura ‘Buquê de Tulipas’, uma homenagem às vítimas dos ataques de militantes islâmicos na capital francesa em 2015.
A peça de 12 metros de altura retrata uma mão gigante segurando um buquê de 11 tulipas coloridas - uma flor que em algumas culturas simboliza o amor.
Koons disse ter criado o ‘Buquê de Tulipas’ para mostrar o apoio e a solidariedade de seus compatriotas pelo povo francês após os ataques, nos quais 130 pessoas foram mortas no total no Bataclan. “Eu, como cidadão de Nova York, vivenciei o 11 de setembro e a depressão que pairou sobre a cidade. Foram necessários anos para a cidade voltar à vida”, disse Koons aos repórteres.
Ele afirma que 80% dos lucros da venda dos direitos autorais da obra de arte serão destinados às famílias das vítimas e os 20% restantes serão usados para sua manutenção. “A lembrança, comemorações, arte, tudo que fazemos que possa trazer à tona as lembranças dos nossos entes queridos é vital”, ressaltou Dominique Kielemoes, integrante da associação de vítimas que perdeu o filho nos atentados.
A inauguração da obra de arte acontece depois de anos de disputa. Seu local original, situado perto do emblemático Palais de Tokyo, foi abandonado depois que autoridades determinaram que ela atrapalharia a vista da Torre Eiffel, de acordo com a mídia francesa. O local finalmente escolhido fica próximo do Petit Palais, um museu de arte do centro de Paris.