Artista britânico-portuguesa Paula Rego morre aos 87 anos

A artista britânico-portuguesa Paula Rego, pintora e escultora conhecida por seu trabalho sobre a representação da mulher, faleceu nesta quarta-feira em Londres aos 87 anos, anunciou a galeria Victoria Miro.

"Com imenso pesar anunciamos a morte da artista britânica nascida em Portugal Paula Rego aos 87 anos", informou a galeria londrina. "Ela faleceu em paz esta manhã, depois de uma breve doença em sua casa do norte de Londres, ao lado de sua família".

"Expressamos os pêsames mais sinceros a seus filhos, Nick, Cas e Victoria Willing, e seus netos e bisnetos", acrescenta a galeria em um comunicado.

Nascida em 26 de janeiro de 1935 em Lisboa, Paula Rego chegou à Inglaterra em 1952 para estudar na Slade School of Fine Art.

Ela era particularmente conhecida por suas pinturas figurativas repletas de tensão e emoção, muitas vezes inspiradas em histórias, incluindo lendas populares portuguesas, mitos e contos de fadas.

Em 2010, a artista foi nomeada Comandante da Ordem do Império Britânico pela rainha Elizabeth II, por sua contribuição para a arte.

Um ano antes foi inaugurado na cidade portuguesa de Cascais um museu em sua homenagem com o nome Casa das Histórias Paula Rego.

Ela foi casada com o artista britânico Victor Willing, falecido em 1988.

pau-acc/mb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos