Artista britânico esculpe todos os dias um coronavírus com frutas e verduras

O artista Lorenzo Saa monta uma réplica do coronavírus com verduras em sua casa no norte de Londres

Com o que se parecem um nabo picado com fósforos e um kiwano decorado com pirulitos e alfinetes? Ambos surgem da imaginação de um artista londrino que durante o confinamento cria réplicas do coronavírus, com objetos da vida cotidiana.

Confinado em seu apartamento no norte de Londres, Lorenzo Saa, funcionário de uma consultoria em investimentos, dedica quatro horas diárias a suas criações, que depois publica na conta do Instagram covid19replicas.

A maioria das obras começa com uma fruta ou uma verdura redonda, à qual vai adicionando objetos de uso diário para simular os "braços" do vírus: velas, rabanetes, botões, flores, cravos, massa seca ou palitos de incenso.