Arthur Picoli, do ‘BBB 21’, tentou carreira de modelo antes de harmonização e chegou a ser comparado a Jonas Sulzbach

·1 minuto de leitura

Antes de mostrar os músculos torneados na piscina do “BBB 21”, Arthur Picoli tentou uma discreta carreira de modelo. O brother chegou a ser capa de uma revista, há cinco anos. Na época, ele ganhou a alcunha de “estagigato”, o estagiário gato de uma academia e foi parar no concurso Mister Brasil 2016. Ganhou a seletiva de sua cidade natal, Castelo, no Espírito Santo, e passou a modelar.

Foi assim que apareceu na capa da revista “Guia Modas”. O professor de crossfit ainda não usava barba nem tinha feito harmonização facial, o que deu a ele uma mandíbula mais quadrada. No ensaio, porém, a barriga em gomos já era evidenciada.

Chamado de príncipe pelo fã-clube feminino, ele costumava responder que “já era um pois nasceu em um Castelo”. A carreira de modelo, no entanto, não aconteceu e Arthur, que também já havia tentado a sorte no futebol, focou na Educaçao Física. Entre os comentarios de amigos em sua estreia na revista, Arthur foi amplamente comparado a Jonas, do “BBB 12”.