Arnold Schwarzenegger revela que fazia 200 flexões para "merecer" café da manhã

Arnold Schwarzenegger e Danilo Gentili (Foto: Divulgação/SBT)

Arnold Schwarzenegger é o convidado do programa ‘The Noite’, do SBT, nesta quarta-feira (19). O ator conversou com o apresentador Danilo Gentili e relembrou a educação rígida que recebeu de seu pai. Ele, que também foi fisiculturista e governador da Califórnia (EUA) de 2003 a 2011, contou que precisava fazer 200 flexões de braço antes do café da manhã.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

“Meu pai dizia que eu e meu irmão tínhamos que ganhar o direito de tomar café”, diz Schwarzenegger. O ator revela que o pai também tinha planos para ele. “Ele queria que eu fosse policial e minha mãe queria que eu me casasse na Áustria e tivesse um monte de filhos. Como a Família Von Trapp do filme ‘A Noviça Rebelde’, com a família perfeita. E eu não tinha o menor interesse nisso”, explicou.

Arnold Schwarzenegger (Foto: Divulgação/SBT)

Leia também

O eterno ‘Exterminador do Futuro’ conta que chegou a fugir do exército na Áustria para participar de um campeonato de fisiculturismo. Schwarzenegger estava fazendo o treinamento básico e não tinha permissão para sair. “Basicamente fugi da base, peguei o trem e fui para Stuttgart. Ganhei um campeonato internacional na Alemanha chamado Mister Europa, voltei e me colocaram na solitária porque eu tinha sumido por dois dias”, disse para Gentili.

Depois deu tudo muito bem com o astro. “Assim que eu saí da solitária todo mundo estava comemorando comigo. Fomos beber vinho. Estavam na dúvida ‘a gente celebra ele ou pune por ter saído?'“ Essa é uma história que só Schwarzenegger poderia contar, não é mesmo?

Arnold Schwarzenegger (Foto: Reprodução/Instagram @schwarzenegger)