Armie Hammer deixa filme após ser acusado de estupro e canibalismo

Rafael Monteiro
·2 minuto de leitura
Armie Hammer arrives at the 34th Film Independent Spirit Awards on Saturday, Feb. 23, 2019, in Santa Monica, Calif. (Photo by Jordan Strauss/Invision/AP)
Armie Hammer (Photo by Jordan Strauss/Invision/AP)

Armie Hammer, astro de "Me Chame Pelo Seu Nome" (2017), anunciou nesta quarta-feira (13) que não irá mais participar do filme "Shotgun Wedding", de Jason Moore, ainda sem título em português. Ele abdica do projeto, no qual dividiria o protagonismo com Jennifer Lopez, após ser acusado de canibalismo e abuso sexual nas redes sociais.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Não estou respondendo essas declarações absurdas, mas em face aos ataques virtuais falsos e cruéis contra mim, não poderia, em são consciência, deixar meus filhos nesse momento para passar quatro meses gravando um filme na República Dominicana", disse o astro em comunicado.

Leia também:

“A Lionsgate (produtora de filmes) está me apoiando nisso e sou grato a eles por isso”, completou o ator, segundo o Hollywood Reporter. Na última segunda-feira (11), começaram a circular supostas mensagens entre o ator e uma mulher anônima em que ele admitia preferências sexuais nada habituais.

“Excitado ao pensar em segurar seu coração na minha mão, controlando quando ele bate. Eu sou 100% canibal, quero comer você”, teria dito ele em um dos trechos. "É assustador admitir isso. Nunca admiti antes. Eu já tirei o coração de um animal vivo e comi enquanto estava quente”, completa nas mensagens.

Em outra mensagem, Hammer falaria sobre um estupro cometido por ele. "Você foi a versão mais intensa e violenta que já tive. Te estuprar no chão com uma faca contra você, qualquer outra coisa parecia entediante. Você chorando e gritando, eu em cima de você. Eu me senti um Deus. Nunca senti tamanho poder ou intensidade", diz.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube